Fiat 500 a venda

Fiat 500 Sport 1.4 16V
  • 2010/2010 •
  • 100 km
  • • Vermelho
R$ 29.500
São Paulo (SP)
Fiat 500 Lounge Air 1.4 16V (Aut)
  • 2011/2012 •
  • 74.043 km
  • • Vermelho
R$ 35.900
Rogerio
Belo Horizonte (MG)
Fiat 500 Cult Dualogic 1.4 Evo (Flex)
  • 2013/2014 •
  • 30.000 km
  • • Branco
R$ 39.000
Tainara
Gaspar (SC)
Fiat 500 Cult 1.4 8V
  • 2012/2012 •
  • 24.000 km
  • • Cinza
R$ 33.000
Claudio
Marília (SP)
Fiat 500 Cult Dualogic 1.4 8V
  • 2011/2012 •
  • 79.000 km
  • • Vermelho
R$ 32.000
Marta
Florianópolis (SC)
Fiat 500 Sport air 1.4 16V (Aut)
  • 2012/2012 •
  • 43.000 km
  • • Vermelho
R$ 35.000
Bárbara
Divinópolis (MG)
Fiat 500 Cult 1.4 Evo (Flex)
  • 2011/2012 •
  • 86.500 km
  • • Preto
R$ 31.000
Thiago
Rolândia (PR)
Fiat 500 Cult Dualogic 1.4 Evo (Flex)
  • 2012/2012 •
  • 71 km
  • • Branco
R$ 33.900
Cascavel (PR)
Fiat 500 Cult Dualogic 1.4 8V
  • 2012/2013 •
  • 65.000 km
  • • Vermelho
R$ 36.000
Rafael
Campos Novos (SC)
Fiat 500 Sport Air 1.4 16V
  • 2010/2010 •
  • 65.000 km
  • • Preto
R$ 27.500
Cintia
São Paulo (SP)
Fiat 500 Sport 1.4 16V
  • 2010/2010 •
  • 47.500 km
  • • Preto
R$ 27.000
Kellen
São Paulo (SP)
Fiat 500 Cult Dualogic 1.4 8V
  • 2013/2014 •
  • 38.500 km
  • • Preto
R$ 37.500
Graca
Goiânia (GO)

Fiat 500 novo ou usado

O Fiat 500 foi um modelo criado pela Fiat e que tinha a pretensão de se tornar basicamente o compatível do Fusca da Volkswagen. O carro acabou sendo desenvolvido basicamente no mesmo período, visando atender basicamente as necessidades de um mercado destruído do pós-guerra.

Tamanho

Um dos pontos que mais se destacava do Fiat 500 era o fato de que o modelo tinha um tamanho diferente da grande maioria dos carros que eram vendidos na época. Mas este era um ponto que poderia ser visto tanto como positivo quanto também como negativo, uma vez que o modelo realmente era muito pequeno.

O carro ganhou uma outra versão, chamada "Giardinera", ou perua do 500, esta variante apresentou o motor padrão deitado de lado. A distância entre-eixos alongada em 10 cm rendeu um assento utilizável traseiro, teto solar de corpo inteiro, e travões de maiores dimensões do Fiat 600.

Final de linha

Oficialmente a produção do Fiat 500 terminou o ano de 1975. Para que o carro tivesse uma espécie de continuação, a Fiat criou um outro carro que seria o Fiat 126, o substituto natural. Mas o modelo não conseguiu alcançar a popularidade do carro anterior, especialmente na Itália, onde o 500 realmente alcançou um ápice em termos de popularidade.

Novo Fiat 500 (2007)

No ano de 2007 a montadora itlaiana anunciou oficialmente o que seria um relançamento do Fiat 500, um modelo mini lançado para atender as necessidades dos consumidores urbanos e que acabou sendo lançado juntamente com a onda de carros do estilo mini que ganharam as ruas da Europa.

O modelo foi trazido para o mercado brasileiro, sendo que os carros começaram a ser vendidos por aqui no ano de 2009, se tornando o principal concorrente do VW Fusca, BMW MINI e Smart Fortwo.

O carro acabou não fazendo grande sucesso no mercado brasileiro, uma vez que as pessoas por aqui não compraram a ideia do segmento Mini como um todo. Os modelos nacionais de sucesso acabam precisando ter mais espaço interno, de acordo com as pesqusias feitas em termos de preferencia de venda.

Mas o novo Fiat 500 foi vendido por aqui, sendo que o seu motor era um 1.4 Turbo que tinha ganhado uma série de melhorias e que entregava 170 cv. O carro, em 2007, ia de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e atinge a velocidade máxima de 211 km/h.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor