Ford Ka a venda

Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 104.000 km
  • • Cinza
R$ 14.100
Robercley
São Paulo (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 84.000 km
  • • Preto
R$ 13.990
Alexandro
Novo Hamburgo (RS)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 68.000 km
  • • Cinza
R$ 15.000
Filipe
Guaratinguetá (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 19.916 km
  • • Preto
R$ 17.500
Erika
Rio de Janeiro (RJ)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 26.000 km
  • • Vermelho
R$ 16.500
Nilcéa
São Paulo (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 59 km
  • • Branco
R$ 15.500
Beatriz
Goiânia (GO)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 72.000 km
  • • Preto
R$ 15.400
Eliane
Ourinhos (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 120.000 km
  • • Vermelho
R$ 13.000
Valdir
José Bonifácio (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 84.000 km
  • • Azul
R$ 13.500
Alexandre
Belo Horizonte (MG)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2011/2011 •
  • 75.000 km
  • • Prata
R$ 14.900
Vinicius
Belo Horizonte (MG)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 70 km
  • • Preto
R$ 14.000
Gildo
Arujá (SP)
Ford Ka 1.0 (Flex)
  • 2010/2011 •
  • 110.000 km
  • • Prata
R$ 16.000
Luciana
Campinas (SP)

Ford Ka novo ou usado

No ano de 1997 a Ford decidiu inovar e encarar de frente uma chuva de críticas ao lançar um modelo inédito e que tinha um nome simples, composto apenas dois duas letras: Ka. Depois que o carro conseguiu alcançar um determinado sucesso, especialmente nas classes que buscavam por novidades no quesito de carros populares, o visual foi classificado como ousado. Mas as primeiras impressões foram negativas

Espaço

Um dos principais problemas apontados tanto pelos usuários quanto também pela crítica em relação ao recém lançado Ford Ka era o espaço. Se por fora o carro já parecia pequeno, por dentro o espaço disponível era ainda menor, sendo que o modelo acabou se tornando conhecido pelo carro dos casais solteiros.

Na ocasião do seu lançamento o carro chegou nas concessionárias com duas opções diferentes de motores, sendo que a versão de entrada contava com um propulsor de 1.0 e de 51 cv de potência. Já a versão mais cara do veículo tinha um motor 1.3 de 60 cv. Ambos eram oferecidos somente na opção a gasolina.

No ano de 1999 marcou o lançamento de uma outra versão do Ka, o Rocam, que vinha com o motor 1.0 em uma nova configuração, oferecendo um total de 65 cv e outra opção com motor 1.6 de 95 cv.

Reestilização

No ano de 2002 o modelo passou por um facelift, que trouxe algumas alterações no design, mas poucas mudanças realmente importantes. Nesta ocasião, destaque principalmente para as mudanças que foram feitas na traseira do carro, com a instalação das lanternas espichadas.

Rápida evolução

Os anos seguintes acabaram sendo marcados por uma rápida evolução do Ka em todos os aspectos. Já no ano de 2008 chegou ao mercado a 2ª geração do carro, com mais espaço, oferecendo pela primeira vez a capacidade de carregar cinco pessoas ao mesmo tempo. Outro incremento importante neste ano foi o lançamento de uma versão com modelo 1.0 flex.

No ano de 2011 essa geração passou por um facelift, onde, assim como aconteceu com a reestilização anterior, poucas mudanças realmente importantes foram feitas. Mas prepararam o terreno para a 3ª e atual geração, na qual o Ka aparece completamente renovado.

Pela primeira vez a Ford disponibilizou uma opção do Ka com 4 portas. Ao invés do design privilegiar um modelo mais “bonitinho”, o carro acabou se tornando muito mais imponente, o que acabou sendo fundamental para que ele conseguir enfrentar a concorrência.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor