Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2017/2017 •
  • 30.000 km
  • • Cinza
R$ 62.000
Luiz
Diadema (SP)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2015/2015 •
  • 28.200 km
  • • Prata
R$ 58.000
Rafael
São Paulo (SP)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2010/2010 •
  • 1 km
  • • Prata
R$ 34.500
Rossana
Macaé (RJ)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2010/2011 •
  • 106.000 km
  • • Cinza
R$ 37.000
João
Indaiatuba (SP)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2014/2014 •
  • 27.000 km
  • • Preto
R$ 53.000
Barbara
Votorantim (SP)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2016/2016 •
  • 9.300 km
  • • Branco
R$ 65.000
Cícero
São Paulo (SP)
Honda City EX 1.5 16V (flex) (aut.)
  • 2010/2011 •
  • 235.000 km
  • • Prata
R$ 31.000
Camila
São Paulo (SP)

Honda City novo ou usado

O Honda City é um modelo fabricado pela montadora oriental dentro do segmento de subcompactos, que também pode ser chamado de sedans compactos. As primeiras unidades do carro começaram a ser lançadas e fabricadas no Brasil em 2009. Mas o modelo era fabricado pela empresa desde o ano de 1981, com lançamentos feitos em diversos países ao redor do planeta.

Sucesso imediato

O carro foi considerado um sucesso imediato em seu lançamento brasileiro. Trata-se de um dos primeiros modelos que foram fabricados pela Honda no Brasil. Recentemente a empresa divulgou alguns números referente as vendas dos carros brasileiros e confirmou que já foram vendidas mais de 215 mil unidades do City em território nacional.

A primeira geração do carro já trazia algumas novidades e também características que conseguiam diferenciar o modelo da grande maioria dos outros que disputavam a preferência das pessoas neste segmento. O porta-malas, por exemplo, era muito espaçoso, podendo carregar 506 litros de volume. O modelo também trazia uma linha de design diferenciado, bem como a dirigibilidade muito elogiada pelos condutores.

Motorização

Boa parte do sucesso do Honda City também se deu em virtude dos motores que foram disponibilizados. O carro era vendido com motor 1.5 16V de 116 cv e 14,8 kgf.m de força (com etanol). Completava o conjunto mecânico o câmbio manual de cinco marchas ou também a opção do câmbio automático de cinco velocidades.

Posteriormente o modelo foi lançado na sua 2ª geração. Nesta ocasião a montadora também acabou mantendo o motor 1.5 na sua potência máxima. Mas neste caso, devido a uma série de ajustes o carro acabou ganhando mais em termos de torque.

Versões atuais

Atualmente o Honda City segue sendo vendido no mercado nacional, e constantemente aparece entre os mais vendidos do Brasil na sua categoria, mesmo enfrentando uma grande quantidade de concorrentes.

O Honda City pode ser encontrado nas seguintes versões: entrada DX, as intermediárias LX e EX, além da topo de linha e EXL. Tirando a versão de entrada, que é a mais barata, todas as outras são comercializadas apenas com câmbio automatizado.

Dentre os itens de série vendidos com o Honda City estão ar-condicionado, direção hidráulica, sistema de som com 2 alto-falantes, computador de bordo e desembaçador do vidro traseiro. Na configuração topo de linha EXL o Honda tem bancos revestidos em couro, ar-condicionado digital com touch screen, sistema multimídia com tela de 7”, seis airbags, volante multifuncional, entre outros.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor