Toyota Fielder a venda

R$ 27.999
Marechal Cândido Rondon (PR)
Toyota Corolla Fielder XEi 1.8 16V (flex) (aut)
  • 2008/2008 •
  • 152.000 km
  • • Bege
R$ 25.000
Carlos
Juiz de Fora (MG)
Toyota Corolla Fielder 1.8 16V
  • 2006/2006 •
  • 125 km
  • • Bege
R$ 25.900
Dois Vizinhos (PR)
Toyota Fielder Sw 1.81.8 Xei Flex Aut
  • 2007/2008 •
  • 140.000 km
  • • Cinza
R$ 28.900
São Paulo (SP)
Toyota Fielder Sw 1.81.8 Xei Flex Aut
  • 2005/2006 •
  • 163.714 km
  • • Bege
R$ 22.490
São Bernardo do Campo (SP)
Toyota Corolla Fielder S 1.8 16V (aut)
  • 2006/2007 •
  • 180.000 km
  • • Cinza
R$ 27.500
Luciano
Palmeira (PR)
Toyota Corolla Fielder XEi 1.8 16V (flex) (aut)
  • 2008/2008 •
  • 148.000 km
  • • Preto
R$ 29.500
Noriel
Novo Hamburgo (RS)
Toyota Fielder Sw 1.81.8 Xei Flex Aut
  • 2005/2006 •
  • 130.000 km
  • • Cinza
R$ 29.990
São Paulo (SP)
Toyota Fielder Sw 1.81.8 Xei Flex Aut
  • 2007/2007 •
  • 99.000 km
  • • Prata
R$ 29.800
São Paulo (SP)
R$ 28.500
Jandir
Petrópolis (RJ)
Toyota Fielder Sw 1.81.8 Xei Flex Aut
  • 2007/2007 •
  • 89.887 km
  • • Prata
R$ 35.000
São Paulo (SP)

Toyota Fielder novo ou usado

A Fielder foi lançada como um modelo de perua, produzido pela Toyota e vendido em diversos outros países. O modelo foi completamente baseado no Corolla, sendo que o modelo acabou se tornando a versão “perua do sedan Corolla”. Mas a montadora acabou decidindo vender o modelo com um outro nome e com uma outra estratégia para que ele criasse a sua própria identidade.

Produção

O carro começou a ser produzido no ano de 2000 no Japão, sendo vendido em outros países. Por aqui a Toyota decidiu nacionalizar o veículo, com sua montagem começando no ano de 2004 e acontecendo na fábrica localizada em Indaiatuba, no estado de São Paulo. O modelo foi fabricado até o ano de 2008 por aqui, sendo que no Japão ele ainda segue sendo produzido e comercializado.

A versão que foi feita para o Brasil, que acabou abastecendo também outros mercados da América Latina, tinha algumas pequenas diferenças quando comparado com o modelo que estava sendo feito originalmente no Japão e que podia ser encontrado com mais facilidade nos países da Europa e também nos Estados Unidos.

Vendas

Para que a companhia conseguisse começar a produzir o carro no Brasil e criar a sua base para distribuição do modelo visando outros países da América do Sul, foi realizado um investimento total de 5 milhões de dólares para a ampliação da fábrica instalada em Indaiatuba. Além do Brasil, o carro segui sendo produzido apenas no Japão e também na Turquia.

Versões

Dentre as alterações que foram realizadas no projeto estavam a frente e também o conjunto óptico, sendo que ambos acabaram sendo idênticos ao do Corolla americano. Na ocasião do seu lançamento, o preço de tabela colocado pela montadora para as primeiras unidades era de R$ 59 mil.

Por aqui, o Fielder foi disponibilizado com transmissão manual de cinco velocidades ou automática de quatro, o motor 1.8 1ZZ-FE VVT-i de 136 cv do Corolla era o único disponível no Fielder. Foi vendido nas versões XEi, SE-G, e S.

No ano de 2008 a montadora confirmou o encerramento da produção da perua na linha de montagem localizada em Indaiatuba. Com isso, a unidade passaria a ser focada na fabricação do Novo Corolla. O modelo acabou sofrendo queda nas vendas com o passar dos anos, que acabou se agravando ainda mais com o lançamento da Renault Grand Tour, em 2006.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor