Nissan Sentra SV 2.0 16V CVT (Aut) (Flex)
  • 2015/2016 •
  • 15.500 km
  • • Branco
R$ 61.870
Roberto
São Paulo (SP)

Nissan Sentra novo ou usado

O Sentra é um modelo de carro produzido pela Nissan que tem uma história recente no mercado brasileiro quando comparado com o seu histórico global. O modelo começou a sua trajetória de sucesso no ano de 1982, quando a montadora batizou um novo projeto de sedan médio, que também era considerado como um modelo subcompacto, dependendo do local.

Primeira geração

A primeira geração do Sentra foi lançada no ano de 1982 e o seu principal objetivo era substituir outro carro chamado de Datsun 210, que era conhecido especialmente pelo grande espaço interno oferecido. O modelo foi levado para os Estados Unidos, sendo que as primeiras unidades eram importadas do Japão.

Os modelos que chegaram nos Estados Unidos tinham duas opções diferentes em relação a carroceria, sendo que uma das opções era um sedan de duas portas e quatro portas e outra hatchback de três e cinco peruas.

Em relação ao seu tamanho, o carro tinha 4,25 metros de comprimento e 2,40 m de distância entre eixos e pesava apenas 850 kg. Em relação ao motor, o modelo foi lançado com versão 1,5 litro, comando de válvulas no cabeçote, carburador e potência de 67 cv, associado a transmissões manuais de quatro e cinco marchas e uma automática de três.

No Brasil

No ano de 2004 o Sentra finalmente desembarcava no mercado brasileiro, no mesmo ano que foi lançado um modelo com motor 2,5-litros de 165 cv cedido pelo maior Altima aparecia para 2002 no esportivo SE-R, dotado de para-choques próprios, rodas de 16 pol e suspensão mais firme.

A sexta geração foi a que acabou marcando a entrada definitiva do Sentra no mercado brasileiro. Nesta época a montadora decidiu mudar algumas das assinaturas de design que tinham ficado conhecidas nos modelos mais antigos, tais como as linhas arredondadas que foram substituídas pelas linhas mais angulosas.

Essa geração acabou deixando o carro mais pesado que as anteriores, e para isso a montadora decidiu também lançar um conjunto mecânico que fosse mais potente, com motor 2,0 litros e 140 cv de série, associado a caixa manual de seis marchas ou a inédita automática de variação contínua (CVT).

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor