Em quase toda crítica, resenha ou matéria ele sempre recebe muitos elogios dos consumidores. No Brasil, já foi bastante explorado como viatura de polícia, táxi e até rodou na stock car de 2004. Com uma trajetória de 16 anos no mercado brasileiro, o Chevrolet Astra se tornou num grande clássico brasileiro.

História

Chevrolet Astra - HistóriaA história do Astra começa em 1980, na Inglaterra. O lançamento do modelo foi chamado, primeiramente, de Vauxhall. Com três portas, cinco portas e perua ele era uma espécie de Kadett D a lá moda européia.

Os motores eram: 1.2, 1.3, 1.6 e 1.8. Sendo que o 1.8 era exclusivo da versão esportiva GTE.

Quatro anos depois, a aposta no Vauxhall Astra II. Com os mesmos motores do lançado em 1980, a inovação ficou na aerodinâmica. A Bertone entrou na jogada com uma versão conversível.

O sucesso do Astra II foi apresentado em 1991. Com um desenho mais arredondado, deixou o formato quadrado do antecessor para trás.

As versões anteriores foram mantidas, inclusive a conversível. Uma das novidades foi que a perua passou a ser chamada de Caravan.

Essas duas primeiras versões do Astra se espalharam por diversos países. No Brasil, o que tínhamos de mais próximo era o Kadett.

No Brasil, o Astra chegou na versão III, já no finalzinho de 1994. O modelo IV chegou praticamente ao mesmo tempo no Brasil (1998) e na Europa.

Linha do tempo

1995 – foi o ano de estréia do modelo em praças brasileiras. Era importado da Bélgica e contava com um motor 2.0. Também foi lançado na versão perua (station wagon).

1998 – o Astra começou a ser produzido no Brasil e teve lançadas as versões GL 1.8 8V e GLS 2.0 8V e GLS 2.0 16V. Com direção eletrohidráulica, carrocerias hatch três portas e sedan quatro portas.

2000 – foi a vez do Astra Sedan 2.0 16v, que ganhou a série 500, memorativa aos 500 anos do descobrimento do Brasil. A versão contava com equipamentos diversos e bancos em couro bicolor.

Chevrolet Astra Sedan - 2010

2001 – no lançamento da versão Sport 2.0 8V ganha destaque o repetidor de pisca nos pára-lamas que passa a estar presente em todas as versões. Já a versão GL, passa a contar com calotas e conta-giros. Também é anunciada a reta final da direção eletrohidráulica.

2002 – chega às ruas a versão Sunny, CD 2.0 8V e CD 2.0 16V. A estréia do câmbio automático causa aquele frisson, acoplado ao motor 2.0 8V. Mas, como item opcional.

Chevrolet Astra Sunny - 2002

2003 - reestilizado, o Astra fica bem semelhante aos últimos modelos lançados em 2010. Com uma frente mais pujante e uma traseira mais retilínea. Também surge a opção de 5 portas na versão hatch. A versão GSi é lançada com motorização 2.0 16V, 136 cv. Chega ao fim a produção de modelos com motor 1.8 à gasolina. Passa a ser adotado o motor 1.8 à álcool para frotistas.

2004 - são apresentadas as versões Confort, Elegance e Elite. Para o hatch, o modelo Advantage. A Multipower é uma outra versão, também bastante elogiada por ser vendida sob encomenda, com o diferencial na hora do abastecimento: gasolina, álcool ou GNV. Também é destacado o uso do motor FlexPower bi-combustível, com motor 2.0 8V à álcool ou à gasolina.

  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 1
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 1
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 2
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 2
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 3
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 3
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 4
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 4
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 5
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 5
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 6
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 6
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 7
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 7
  • Chevrolet Astra - Confort - Foto 8
    Chevrolet Astra - Confort - Foto 8

2005 - fim de linha para a versão GSi (motor 2.0 16v à gasolina). Apostando na esportividade a Chevrolet lança a versão SS com motor 2.0 de 8v de 127cv.

2006 - a versão Confort é descontinuada e o modelo Sedan ganha versão Advantage.

2007 - com o lançamento do Vectra em 2006, observa-se um recolhimento do frisson pelo Astra. Os efeitos já são sentidos em 2007, quando a versão hatch perde a carroceria de duas portas. Outro sinal do declínio é o fim das versões Elite e Elegance, destinadas ao público mais sofisticado.

2008 - o Vectra GT chega rasgando com um visual super esportivo e o Astra SS cede espaço. Como compensação, alguns acessórios como as rodas de aro 16, faróis de milha e aerofólio passam a fazer parte do Advantage Hatch.

  • Chevrolet Astra - SS - Foto 1
    Chevrolet Astra - SS - Foto 1
  • Chevrolet Astra - SS - Foto 2
    Chevrolet Astra - SS - Foto 2
  • Chevrolet Astra - SS - Foto 3
    Chevrolet Astra - SS - Foto 3
  • Chevrolet Astra - SS - Foto 4
    Chevrolet Astra - SS - Foto 4

2009 - a aposta vai toda para o custo-benefício. A montadora apresenta um motor 2.0 8v retrabalhado. O rendimento chega a 133cv na gasolina e 140cv no álcool. Outros itens do Astra SS passam a ser oferecidos em série a partir da demanda do cliente.

Chevrolet Astra - 2009

Ainda em 2009, a General Motors do Brasil apresentou a linha 2010 do hatch médio Chevrolet Astra. Não houve renovação no estilo. A estratégia foi focada em outros aspectos: uma configuração satisfatória e um preço acessível (R$ 44.389 a R$ 50.240 para a versão mais completa). A identidade mundial do modelo não esteve entre as prioridades.
A versão Elegance deu conta da sofisticação e um pacote de itens e alguns acessórios plus foram focados na versão Advantage.

A principal novidade foi a adoção da mesma motorização utilizada na família Vectra.

A Opel, divisão européia da General Motors, esteve à frente da mudança.

O novo modelo foi produzido sobre a plataforma Delta, semelhante à utilizada pelo sedan Cruze. E essa semelhança não foi à toa...

A chegada do Vectra GT e do Cruze

Chevrolet Vectra GTUm carro mais caro, que vendeu pouco foi eleito o substituto do Astra: sim, estamos falando do Vectra GT. Mas ele também não ficou muito tempo no mercado, porque a Chevrolet percebeu que a concorrência entre os hatches médios estava cada vez maior.

É saudoso pensar no Astra, principalmente porque em quase todos os fóruns os leitores e consumidores o cobrem de elogios. Mas, na briga entre o Astra e o Vectra GT, chegou um outro forte candidato que tem conquistado o mercado: o Cruze!

Com um modelo sedan e o sedan compacto premium, ele é equipado com o motor 1.8 16V Ecotec flex, com 141 cv de potência e 17,9 kgfm de torque com gasolina.

Chevrolet Cruze Sport6A Chevrolet acreditou que esportividade do modelo poderá incrementar as vendas da linha. E as notícias mais recentes que temos agora em 2012 é que o Cruze realmente emplacou.

Chamado de terceira geração do Vectra ele tem encostado nos líderes do segmento. De acordo com a Fenabrave, só nos três meses completos de vendas, o Cruze hatch acumulou média de 1,6 mil unidades, enquanto o sedan conseguiu cerca de 3,2 mil compradores. As vendas e emplacamentos recordes fizeram com que o Toyota Corolla – só disponível como sedan – saísse do topo e também pressionaram o Honda Civic.

O Ford Focus e Hyundai i30 também estão na mira dos estrategistas de vendas do Cruze. A expectativa inicial da Chevrolet, que previa algo em torno de 1,1 mil vendas por mês foi superada.