Fiat 125: Série especialO modelo Fiat 125 é pouco conhecido entre os brasileiros, pois não foi lançado dentro do mercado nacional, porém existe certa semelhança com alguns modelos lançados pela Fiat. O modelo trazia características bastante diferentes, oferecendo uma grande quantidade de itens, dando ênfase principalmente ao conforto, os proprietários da época afirmavam que o modelo era bastante confortável e também oferecia características esportivas, trazendo um motor bastante potente, sendo uma mistura incomum para a época, até mesmo porque o modelo trazia um bom espaço para família e potência para solteiros que queriam um veículo estável uma potência sobrando para acelerar.

Entre uma das suas principais características está seu tamanho, sendo um modelo de grande porte, contando com um desenho sedan que oferecia bastante espaço interno e também um grande espaço em seu porta malas. Para manter o ar de esportividade e também para oferecer um diferencial, a Fiat resolveu implementar o sistema de dois faróis, totalizando quatro faróis somente em sua dianteira, o para-choque cromado oferecia um detalhe diferente, principalmente em cores escuras. A motorização do modelo foi criada com base no 124 esporte, sendo que o modelo contava com um motor de 90 cavalos de potência, que para os dias atuais é uma potência pequena, mas que para a época era uma ótima potência, principalmente para veículos com apelo esportivo.

Como o modelo contava com uma grande quantidade de faróis, a marca resolveu implantar um novo sistema com alternador, visando de essa forma conseguir alimentar toda a demanda de energia que o veículo consumia. O modelo também contava com um sistema de resfriamento que era uma novidade para a época, sendo outro fator que deve ser ressaltado, pois para época era uma novidade. Lembrando que a primeira unidade do modelo foi lançada no ano de 1967, o modelo foi muito bem aceito logo quando foi lançado, mas logo no próximo ano o modelo já recebeu algumas novidades.

Fiat 125

Já no ano de 1968 o modelo recebeu uma versão especial, de uma forma geral não foi modificado seu desenho, mas o modelo recebeu uma nova motorização, esse novo motor contava com 100 cavalos de potência, sendo oferecido somente para essa versão especial. Outra revolução que o modelo trouxe em comparação com seus concorrentes foi um incrível câmbio de cinco velocidades, sendo algo que não poderia ser encontrado em outros modelos dessa mesma categoria. Com esse câmbio e o motor especial de 100 cavalos de potência, o modelo conseguia atingir uma ótima velocidade, sem contar que seu consumo era bastante considerável, pois as cinco velocidades facilitavam o trabalho do motor, potencializando seu trabalho.

Detalhes

Fiat 125: Visão da lateral

No ano de 1970 o modelo recebeu novamente mais uma versão, a Fiat queria ver o modelo se mantendo entre os líderes de vendas, justamente por isso o investimento foi muito alto, nesse ano o modelo recebeu algumas modificações em sua dianteira e também na traseira, mesmo tendo base na versão anterior, já era alguns diferenciais para os consumidores que procuravam algo novo. Seu interior praticamente não se modificou, novamente uma das principais mudanças foram em sua mecânica, nessa nova versão o modelo contava com um câmbio automático de três velocidades, que não conseguia imprimir a mesma velocidade da versão anterior, mas que conseguia oferecer a comodidade que muitas pessoas procuravam.

O modelo recebeu mais uma versão durante o próximo ano, quando a marca desembarcou na Nova Zelândia, nessa nova versão o modelo recebeu poucas novidades em seu desenho, e novamente a Fiat guardou todas as novidades para sua mecânica, sendo considerada a versão mais potente lançada. Nessa versão o modelo recebeu motor de 125 cavalos de potência, mesmo sendo um modelo que chamava muito atenção, o mesmo acabou saindo de produção no ano de 1972.

Vale lembrar que o projeto finalizado em 1982 é referente à linha de produção da Itália, sendo a linha de produção original do modelo e que também foi a principal responsável pela exportação do mesmo. Porém o modelo continuou sendo produzido em outros países, como no caso do Egito onde o modelo continuou sendo fabricado até o ano de 1983 e também em outros países onde o modelo conseguiu durar na linha de produção até os anos de 1990. Por ser um modelo que trazia diferentes tipos de equipamentos, alguns mercados que não eram tão exigentes como o mercado italiano, conseguiu manter o modelo na linha de produção.

Fiat 125: Interior de modelo modificado

Durante o longo de sua vida a Fiat fez de tudo para manter o modelo na linha de produção, tanto que em seu mercado original o modelo ficou durante 5 anos na linha de produção, sendo um intervalo de tempo pequeno, principalmente se comparado com outros projetos que ficaram na linha de produção durante vários anos e que estão na linha de produção até hoje. Vale lembrar que o modelo teve ligação direta com o Fiat 124 e a marca só deixou o projeto quando percebeu que os consumidores estavam a procura de algo diferente, sendo que esse "algo" não poderia ser encontrado no modelo Fiat 125.

Assim que o modelo saiu de linha, a marca logo deu inicio a um novo projeto que foi seu sucessor, trata-se do Fiat 132, modelo que também foi pouco entre os brasileiros e que muitas pessoas afirmam que é um projeto inferior ao Fiat 125. Em todo caso a marca também conseguiu manter um bom fluxo de vendas, sendo que ambos os projetos não decepcionaram em relação a aceitação dos consumidores e também o número de vendas.