Os sedans médios estão ganhando o posto de queridinhos entre as diferentes categorias de automóveis, pois eles sã os que mais trazem novidades interessantes aos compradores. Apesar desse crescimento e da qualidade de um carro sedan médio, todos sabemos que na hora de decidir qual será a melhor opção para escolher, nem sempre as coisas são tão simples, afinal comprar um carro requer o máximo de informações e comparativos para saber qual marca ganha quando o assunto é sair com o carro do pátio de vendas.

Sedans médios: Cruze x Corolla x Elantra

Para ajudar nessa decisão tão importante da sua compra, trouxemos mais um comparativo, dessa vez entre o Chevrolet Cruze, Toyota Corolla e Hyundai Elantra: modelos que estão dando o que falar no mercado e merecem um artigo especial e detalhado para destacar cada informação.

Antes de começar, lembramos que existe uma boa notícia no setor de sedans médios: especialistas afirmam que essa categoria é a que menos possibilita erros, ou seja, escolher um sedan médio já é uma opção acertada e quando você encontra as melhores versões, as chances de ter problemas lá na frente são reduzidas.

Toyota Corolla

O Corolla, desde o seu primeiro lançamento em 2002, já se consolidou no mercado com uma escolha especial, principalmente no ponto de vista da dirigibilidade já que o controle do motorista sempre foi muito confortável e preciso. Apesar desse histórico poderoso, assim como nós, os carros também envelhecem e se não há um cuidado especial, nem sempre eles melhoram com o tempo.

Antigamente, seria possível colocar o Corolla como líder indiscutível, mas as coisas já não são dessa maneira e hoje encontramos opções que estão muito a frente da marca. Lembrando, que embora ele não seja mais inovador quanto antes, não estamos o colocando em escanteio, pois o Corolla ainda continua sendo uma opção de sedan de qualidade, sendo o ponto negativo, a falta de visão para reinventar o carro depois de mais de 10 anos.

Toyota Corolla

Você se recorda da fase em que o Corolla era referência exclusiva quando o assunto era uma dinâmica boa? Pois é meu amigo, esses tempos dourados da Toyota já não tem a mesma força quanto antes e parece que a marca envelheceu na medida em que os seus principais concorrentes começaram a crescer e conquistar o seu espaço. O modelo passou por uma nova roupagem que trouxe novidades interessantes, mas que não foram suficientes para esquecer que o carro envelheceu com o tempo.

Apesar de tantos pontos que deixam o Corolla bastante vulnerável em comparação com os seus concorrentes, não podemos esquecer-nos de um item que ainda o deixa na frente: o seu porta-malas. O porta-malas do Corolla conta com incríveis 470 litros, espaço que ganha fácil de todos os seus concorrentes.

Alguns comandos do Corolla são antigos e talvez até ultrapassados, tais como: acionamento do piloto automático através de alavanca na região do volante e alavanca para abertura do tanque e do porta-malas. Mas, então o Corolla não tem nada de novo? Sim, ele tem e o seu motor que pode ser considerado o destaque, apesar de que por ele ter uma transmissão de quatro marchas, ainda se mantém atrás dos seus concorrentes.

Em questões de testes na estrada, o Corolla mostrou que ainda não perdeu a sua eficiência, pois foi o terceiro melhor em quesitos de consumo e o segundo mais rápido nos testes de velocidade. A versão automática do carro conta com ar-condicionado digital, sistema de som, piloto automático, computador de bordo, bancos de couro, sensor de faróis, Bluetooth, entre outros. Completinho, não é mesmo? Apesar de o Corolla se mostrar bem equipado ele peca por não ter recursos mais modernos, tais como sistemas de condução econômica.

Infelizmente o tempo também passa para os carros, e embora o Corolla seja um excelente sedan médio e de representar um dos percussores da categoria, ele não tem a mesma força para se renovar e isso o faz perder o seu posto para a concorrência.

Análise detalhada

O Corolla como sempre, ainda é referência em questões de conforto com uma suspensão macia e direção leve, embora seja um pouco lenta em algumas reações. O câmbio tem apenas quatro marchas e seria melhor se tivesse 6 marchas como os seus concorrentes. Mesmo assim o câmbio é eficiente e aguenta bem a força do motor.

  • Toyota Corolla - Foto 1
    Toyota Corolla - Foto 1
  • Toyota Corolla - Foto 2
    Toyota Corolla - Foto 2
  • Toyota Corolla - Foto 3
    Toyota Corolla - Foto 3
  • Toyota Corolla - Foto 4
    Toyota Corolla - Foto 4
  • Toyota Corolla - Foto 5
    Toyota Corolla - Foto 5
  • Toyota Corolla - Foto 6
    Toyota Corolla - Foto 6
  • Toyota Corolla - Foto 7
    Toyota Corolla - Foto 7

A carroceria foi renovada, mas mesmo assim o carro não trouxe muitas inovações e ainda continua com aquele jeito Corolla de sempre. O visual do carro é bem ultrapassado e o seu espaço interno é consideravelmente menor do que os outros modelos concorrentes. Uma das vantagens do carro é a garantia que chega até a 3 anos e o seguro considerado relativamente baixo.

Hyundai Elantra

É impossível começar a falar no Elantra sem elogiar o seu design: um dos atrativos que mais chamam a atenção para o modelo. A Hyundai é especialista em caprichar nos visuais do seu carro e o Elantra veio para mostrar a força do estilo consagrado que a marca trouxe para o mercado.

Se você acha que esses carros bonitos demais, pecam em outros itens, não se engane, pois o Elantra vai além do design e também mostra qualidade em seu acabamento. Os equipamentos do sedan são: seis airbags, sensores de chuva, ABS, sensores de estacionamento e de faróis, sistema de condução econômica, ar-condicionado dual-zone, entre outros.

Hyundai Elantra

Os comandos dos vidros que são emborrachados recebem outro destaque em relação ao acabamento de qualidade do modelo.Quando o assunto é câmbio e o motor, o Elantra também mostra a sua força com sofisticação técnica e ótimas respostas.

Então o Elantra é um carro perfeito, não é mesmo? Não meu amigo, nada é perfeito, muito menos o Elantra. Entre algumas desvantagens da marca, podemos evidenciar o uso de tambor e freio nas rodas traseiras, o motor que aceita somente gasolina e a questão mais importante: o seu preço. O Elantra é uma opção definitivamente mais cara e chega a ficar acima dos seus concorrentes em valores gritantes de diferença, mas, apesar dos seus deslizes, o projeto moderno e inovador ainda ganha do Corolla.

O Elantra conta com cinco anos de garantia e o valor do seu seguro está de acordo com a média que a categoria apresenta.

Análise detalhada

A direção do Elantra é bem leve e se apresenta mais rápida do que a do Corolla. A suspensão do modelo conta com uma calibragem bem macia, enquanto o freio teve um desempenho que pode ser considerado médio.

  • Elantra - Foto 1
    Elantra - Foto 1
  • Elantra - Foto 2
    Elantra - Foto 2
  • Elantra - Foto 3
    Elantra - Foto 3
  • Elantra - Foto 4
    Elantra - Foto 4
  • Elantra - Foto 5
    Elantra - Foto 5
  • Elantra - Foto 6
    Elantra - Foto 6
  • Elantra - Foto 7
    Elantra - Foto 7

O carro não é flex, mas a sua modernidade mostrou bons resultados na estrada: ponto positivo para a mecânica do carro. Em questões de carroceria, o Elantra fica lá no alto, afinal design moderno e atrativo é com ele mesmo, que sabe fazer bonito através de um acabamento incrível.

Chevrolet Cruze

Se o Corolla ficou atrás do Elantra, até aqui você pode estar pensando que o melhor ficou para o final e se você realmente pensou nisso, está completo de razão. O Cruze é uma das surpresas agradáveis da categoria e quando você chega perto dele, fica ainda mais impressionado com a beleza e a qualidade que superam os guias e as fotos do modelo.

O design do carro é charmoso e bastante atrativo. Apesar da qualidade, em questão de acabamento o Elantra está um pouco à frente. No Cruze, os bancos de couro são itens de série e o espaço interno do carro conta com a altura do teto do passageiro acima da média.

Chevrolet Cruze

O sedan da Chevrolet é o único entre os seus rivais que conta com ESP como item de série. Se há algo que podemos destacar, apesar da qualidade geral do Cruze, é sem dúvida a mecânica do carro. O seu motor conta com comando duplo das válvulas variáveis e o câmbio do modelo é de seis marchas, sequenciais.

Apesar de não apresentar os melhores resultados nas pistas de testes, quando se coloca o carro fora das pistas, podemos notar o destaque para a rapidez do modelo no dia a dia. O modelo ainda conta com piloto automático, computador de bordo, pares de som e um sistema especial que faz um controle da qualidade de ar na região da cabine. Esse último item é um dos grandes diferenciais modernos que permite recircular o ar quando toda a poluição de fora alcança níveis mais altos.

Interior do Cruze

Como característica negativa frente aos seus rivais, o Cruze faz a união apenas do controle de Bluetooth e sistema de som, mas, apesar da pequena desvantagem, o Cruze é indiscutivelmente a versão de destaque no comparativo que se mostra com força total para desbancar os seus concorrentes.

Análise detalhada

Não podemos dizer que o carro é o mais confortável em questões de direção, mas a sua suspensão garante sim uma boa dirigibilidade, enquanto os testes de freio apresentaram resultados medianos. A mecânica do Cruze é sem dúvida um dos seus maiores destaques positivos O câmbio de seis marchas apresenta respostas intermediárias de rendimento e bastante funcionais.

  • Cruze 2013 - Foto 1
    Cruze 2013 - Foto 1
  • Cruze 2013 - Foto 2
    Cruze 2013 - Foto 2
  • Cruze 2013 - Foto 3
    Cruze 2013 - Foto 3
  • Cruze 2013 - Foto 4
    Cruze 2013 - Foto 4
  • Cruze 2013 - Foto 5
    Cruze 2013 - Foto 5
  • Cruze 2013 - Foto 6
    Cruze 2013 - Foto 6
  • Cruze 2013 - Foto 7
    Cruze 2013 - Foto 7

Quando o assunto é carroceria, o Cruze também se destaca com modernidade e beleza, apesar de ser mais discreto do que outros modelos. O teto do banco de passageiros traseiro é mais alto e o espaço interno oferece conforto para os passageiros.

Em questão de segurança, o modelo é campeão indiscutível com itens de série que garantem o melhor do automóvel. Com tantas coisas positivas, é claro que o seguro do Cruze deveria ser o mais caro e ele é mesmo o mais caro do comparativo. A garantia do carro é de três anos.

Conclusão

Para fazer uma conclusão justa vamos analisar o conjunto da obra:

Ao falar do Corolla, percebemos que apesar das diferentes tentativas de inovar o modelo, ele sofreu e ainda sofre com os anos. Hoje, o mercado dos sedans médios é um dos mais atrativos do setor automobilístico e novos modelos surgem todo o ano para tentar conquistar o espaço dos líderes do segmento. Nessa disputa acirrada, o Corolla perdeu a sua liderança e certamente fica bem atrás do Elantra e do Cruze e, além disso, o carro ainda fica atrás de outros modelos da categoria.

Quando falamos no Elantra, um dos fatores negativos é o preço, fator comum que afasta o gosto de muitas pessoas pelos carros Hyundai. Os deslizes nos detalhes do carro aliados ao preço elevado, muito mais alto do que a concorrência coloca o Hyundai atrás do Cruze, mas na frente do Corolla, pois a sua qualidade é indiscutivelmente maior do que o modelo da Toyota.

O líder do comparativo é sem dúvidas o Cruze que é um dos modelos que mais impressionam pelo seu conjunto da obra e principalmente pelo custo benefício. É uma escolha perfeita para quem deseja aproveitar o que há de melhor, bonito e mais moderno em um sedan médio.


Ofertas de Carros

Avaliação Grátis

Consulte o preço atualizado de veículos nacionais e importados.

Consultar Tabela Fipe

Anúncio Grátis

Anuncie aqui e apareça para milhões de compradores. Venda agora!

Anunciar Veículo

Pela Web

Comentários