Geralmente os grandes eventos que acontecem nos Estados Unidos acabam ganhando uma grande importância e repercussão no mundo. Mas isso não é uma regra, depende sempre do segmento. Por exemplo, em termos automotivos, nem todos os salões que acontecem na terra do Tio Sam estão entre os principais do mundo, mas mesmo assim existe um grande esforço por parte do mercado norte-americano para tornar eles cada vez mais relevantes. Este é o caso do Salão de Los Angeles, que terá abertura pra imprensa hoje e segue até o dia 9 de dezembro.

O que esperar do Salão de Los Angeles 2013

Atualmente o mercado automotivo acaba considerando alguns outros salões que acontecem pelo mundo como sendo principais, dentre eles os salões de Paris, de Frankfurt, de Genebra e também o de São Paulo. Mesmo assim, isso não significa que os consumidores devem ignorar completamente o que vai acontecer nas próximas duas semanas em Los Angeles, muito pelo contrário. As montadoras sempre reservam estreias interessantes para este salão e este ano não deve ser diferente. Se pegarmos a edição de 2011 como referência tivemos boas estreias, como o onda CR-V, a versão ZL1 do Chevrolet Camaro, o novo Volkswagen Passat CC e a terceira geração do Mercedes-Benz ML 63 AMG.

Como sempre acontece um pouco antes de iniciar estes grandes salões as marcas começam a divulgar com uma certa antecedência quais serão os modelos de carros que estarão presentes no evento, e desta forma é possível realmente ter uma boa ideia de como será o Salão e até é possível arriscar alguns palpites sobre os possíveis destaques do Salão. A Audi por exemplo deverá usar o Salão de Los Angeles para a estreia da série CleanDiesel no mercado norte-americano, sendo que este motor terá versão a diesel dos modelos Q5, A6, A7 e A8.

A BMW deverá ter como principal destaque durante o Salão de Los Angeles um automóvel que vai sugerir a união entre da marca com os esportes radicais, uma fusão até então considerada inusitada tanto pelo mercado quanto por boa parte dos consumidores. O modelo que será apresentado é o X1 KS Powder Ride. Dentre as novidades que poderão ser observadas neste modelo está o rack de teto que acomoda sistemas de auto falantes. Além disso o carro promete vir de fábrica com suspensão elevada e rodas aro 19 exclusivas para este modelo.

Chevrolet aposta no segmento de elétricos

A Chevrolet deverá dar mais atenção durante o Salão de Los Angeles para alguns lançamentos relacionados a tecnologia de carro elétrico que está sendo cada vez mais difundida. O modelo que estará presente no espaço da montadora será a verão elétrica do Spark. Além disso, outro carro que deverá estar presente no estante é o Camaro edição especial que está sendo feito baseado nas miniaturas da Hot Wheels. Dentre os atrativos deste veículo estão as rodas diferenciadas e também uma pintura exclusiva que será vendida já de fábrica, com motor 6.2 V8 de 406 cv.

Spar da Chevrolet

A Dodge sempre tem uma grande responsabilidade nos salões que acontecem nos Estados Unidos, afinal de conta as anfitriãs não podem fazer feio em casa. Dentre as novidades que deverão ser apresentadas pela montadora está o retorno da série Daytona do Charger, que foi lançada originalmente na década de 70. O lançamento terá realmente uma série de inovações além de alguns ajustes que deixaram o carro mais esportivo do que os lançamentos anteriores do mesmo modelo.

Uma outra montadora que deverá dar bastante atenção aos lançamentos no setor de elétricos no Salão de Los Angeles é a Fiat, que deverá utilizar o seu espaço para apresentar o 500e, que será a primeira incursão da Italiana neste segmento de veículo. A montadora também deverá aproveitar o seu espaço para mostrar o 500L, que terá uma versão um pouco mais radical e que acabou sendo batizada de Trekking. Ambos os carros são elétricos.

Jaguar deverá apresentar carro inédito

Outra marca confirmada para o Salão de Automóveis de Los Angeles é a Jaguar, que deverá continuar mostrando o recém-lançamento F-Type que vai dividir o espaço com o inédito XFR-S. O último foi apresentado apenas em um teaser que acabou sendo divulgado pela marca.

F-Type da Jaguar

No estande da Lamborghini o grande destaque deverá ser o Avantador Roadster que será lançado no mercado com uma capota de fibra de carbono, que quando removida poderá ser guardada no porta-malas. Em termos de motorização o varro terá um V12 de 710 cv.

A Mercedes-Benz já anunciou que um dos lançamentos mais esperados pelos consumidores, o A45 não estará em Los Angeles, e sim no Salão de Genebra. Mas a marca pretende levar ao evento o SLS Black Series e também  novo Ener-G-Force que deverá ser o carro do futuro.

No estande da Mini os visitantes do Salão de Automóveis de Los Angeles poderão ver pelo menos três modelos que estarão sendo apresentados: o John Cooper Works GP, versão mais esportiva do Cooper S, o Paceman, lançado no Salão de Paris, e o novo Countryman, que passará por sua primeira reestilização.

A montadora Porsche também confirmou sua presença e ai levar um lançamento, que será o novo Cayman, que aliás está sendo prometido há um bom tempo pela marca. Esta será a segunda geração do Cupé e dentre as principais novidades estará o novo motor 2.7 litros na versão de entrada.

A Subaru provavelmente será a marca que terá um dos principais lançamentos do Salão de Los Angeles este ano: a nova geração do Forster, o tradicional crossover da marca japonesa. Pouco se sabe sobre o carro, mas a montadora já confirmou que os motores serão 2.5 litros de 170 cv e 2.0 turbo, de 250 cv.

Já a Volkswagen, que sempre é uma marca que gera muita expectativa tanto nos consumidores quanto na imprensa de um modo geral, deverá ter poucas novidades no salão deste ano. A principal delas será a entrada do Beetle Cabriolet no mercado norte-americano. Dentre as principais características do conversível é que o teto poderá ser aberto ou fechado em apenas 10 segundos.