Quando o assunto é sedan esportivo as opiniões dos motoristas acabam se dividindo. Para aqueles que gostam mais da imponência que o carro tem, principalmente das marcas mais luxuosas, geralmente os modelos grandes acabam sendo os prediletos. Mas aqueles que preferem a esportividade e o desempenho tanto no circuito urbano quando nas pistas devem dar preferencia aos menores, que geralmente acaba se saindo melhor quando o assunto é velocidade e potencia. Mas a montadora BMW afirma que depois que os motoristas dirigirem o novo BMW M5  este conceito poderá ser revisto, já que o carro é grande e muito potente.

BMW M5 4.4 V8

Este lançamento já é a quinta geração do carro que foi lançado no final de 2010 e que é derivado direto do BMW Série 5, que foi lançado no final de 2010. Mas esta geração que está chegando as concessionárias neste ano sofreu algumas das mudanças mais significativas de toda história do veículo. Começando pelo motor já da pra ter uma ideia que a empresa realmente investiu para o lançamento de um carro mais potente. A montador afirma que fez diversas mudanças nos componentes e na eletrônica que acabaram transformando um V8 4.4 biturbo em um motor mais potente, dando cerca de 10% a mais de potencia e 330% mais de torque no veículo. Agora são 560 cv de potência a 6000 rpm e 69,4 mkgf de torque entre 1 500 e 5 750 rpm.

Mas as notícias boas não param por aí, além do carro ser mais potente, o motor também fez com que o veículo ficasse mais econômico. De acordo com as informações que estão sendo repassadas para imprensa, o veículo está 30% mais econômico do que seu antecessor direto. Com as diversas mudanças que a montadora implantou no motor, houve também algumas mudanças no sistema de transmissão do veículo, que agora trás o diferencial traseiro eletrônico Active M e o câmbio M Drivelogic, de sete marchas, com dupla embreagem. Mas é claro que estas notícias são celebradas, mas a maioria dos motoristas sabem que não basta apenas mexer no motor e na transmissão do carro para que ele fique mais potente. Por isso, a montadora também fz mudanças significativas no Chassi.

Iinterior BMW M5 2012

Os engenheiros que estavam envolvidos neste novo projeto acabaram fazendo um novo projeto relacionado com a carroceria do veículo de um modo geral, bem como nos freios e também na direção do carro, ou seja, deram uma repaginada total no veiculo. Além de toda aerodinâmica que foi alterada, os sistemas eletrônicos do carro também foram revistos, e todo este conjunto realmente faz uma grande diferença no desempenho de um modo geral do carro.

Sistemas que fazem a diferença

Mas tanto a montadora que está promovendo o lançamento do carro quanto alguns motoristas que acabaram fazendo testes no lançamento confirmam que a grande mudança que realmente está sendo feita no carro é o sistema M Drive. Ele basicamente funciona de uma forma inteligente que ajusta o carro de acordo com as preferencias e com o comportamento dos motoristas. E o sistema, diferente de outros de algumas marcas que promovem uma experiência diferenciada, realmente consegue alterar diversas configurações do carro. As respostas do motor ao tempo de mudanças do cambio e da rigidez da suspensão ao peso da direção. É possível deixar o conjunto geral do carro mais bem mais duro ou bem mais confortável, dependendo sempre das preferencia e da forma como os motoristas passam a dirigir o carro.

Uma outra vantagem deste sistema quando comparado a outros de outras marcas é que este está muito mais fácil de se operar. É realmente muito  intuitivo e simples de ser alterado. Os motoristas terão a possibilidade de gravar até dois conjuntos de mapas com as suas preferencias, sendo que a mudança de sistema no carro é muito fácil, basta apenas o toque de um botão. O botão fica ainda no volante, para facilitar ainda mais a vida do condutor na hora de escolher suas preferencias. Já no console do carro as pessoas tem a oportunidade de acionar os botões que permitem a seleção dos mapas com três níveis para cada sistema: Comfort, Sport e Sport Plus. No caso do motor, a primeira opção é Efficient, para economia de combustível. E a tecla do ESP tem duas posições: on e off. É possível privilegiar o conforto, para o uso urbano, ou a esportividade, para rodar em estrada ou circuito fechado.

Motor V8 BMW M5

De acordo com os relatórios de teste, os motoristas quando optam em usar o sistema mais comportado do M5, ele fica muito macio, silencioso e com uma direção bem leve (na verdade a direção não é tão leve assim mas quando o motorista acaba experimentando os outros níveis de configuração é que ele realmente percebe o quão leve estava a direção no primeiro momento). Assim que o motorista consegue dar uma boa volta com o carro ele percebe também que ele é muito confortável, o que acaba tirando aquele pré-conceito de que sedan confortável não anda direito nas pistas. Os que ainda possuem este conceito precisam revê-lo com urgência.

Confira mais imagens do veículo:

  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 1
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 1
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 2
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 2
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 3
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 3
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 4
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 4
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 5
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 5
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 6
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 6
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 7
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 7
  • BMW M5 4.4 V8 - Foto 8
    BMW M5 4.4 V8 - Foto 8