A Ferrari apresentou essa semana para o mercado o seu mais novo modelo, aquele que vai entrar para a história como o primeiro esportivo híbrido plug-in da sua história. A SF90 chega com potência de gente grande e com a facilidade de ter um motor que pode ser recarregado apenas plugando o veículo na tomada.

Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada

O carro, que se chama SF90 Stradale, teve este nome pensado basicamente como uma forma de prestar uma homenagem para os 90 anos da fundação da marca italiana, enquanto a palavra Stradale significa estrada, em italiano. As letras SF são referência ao nome Scuderia Ferrari.

De acordo com as informações que foram divulgadas sobre a o veículo, o modelo chega com potência de 1 mil cavalos e 91,8 kgfm de torque. Com essa configuração, o modelo pode ir de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos, com velocidade máxima de 340 km/h. A maior parte da potência do carro vem do motor V8 4.0 movido a gasolina, que entrega 780 cv.

Os outros 220 cv acabam vindo de 3 motores elétricos que estão presentes no carro, sendo dois motores que são responsáveis por oferecer potência apenas para o eixo dianteiro do carro, enquanto o motor a combustão fica responsável pelas rodas de trás.

  • Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 1
    Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 1
  • Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 2
    Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 2
  • Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 3
    Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 3
  • Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 4
    Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 4
  • Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 5
    Nova Ferrari SF90 possui 1.000 cv de potência e pode ser recarregada na tomada - Foto 5

O modelo não foi desenvolvido para ser um carro elétrico, portanto ele possui autonomia de apenas 25 km para rodas somente com a potência do motor elétrico. Além disso, o modelo conta com um sistema que permite com que os motoristas manobrem o carro utilizando somente os motores elétricos, sem precisar acionar o motor V8.

A Ferrari destaca também as escolhas feitas para o design do carro. A montadora afirma que o SF90 representa uma ruptura com os modelos anteriores, com um design criado praticamente do zero e com mudanças significativas nas proporções da carroceria, como nos tamanhos dos faróis e das lanternas, por exemplo.

Dentro da cabine, o carro conta com volante com comandos táteis, quadro de instrumentos totalmente digital e uma tela de 16 polegadas.