Um grande evento marcou nesta segunda-feira o início oficial das obras da nova fábrica da Jac Motors aqui no Brasil. O local que foi escolhido para a montadora instalar sua unidade aqui no brasil foi a cidade de Camaçari, no estado da Bahia. E realmente o evento acabou sendo muito interessante, com diversa surpresas para os convidados e jornalistas que estavam no local. Apesar das obras já terem começado no início do ano com a preparação do terreno para a instalação das bases das construções, o dia de ontem marcou a inauguração da pedra fundamental da fábrica.

JAC inaugura pedra fundamental e enterra carro em Camaçari

Durante o evento a montadora também reafirmou o seu compromisso de entregar a fábrica pronta até o final de 2014, sendo que os processos seletivos para contratação de funcionários para a fabrica devem iniciar nos primeiros meses de 2014 para preencher todas as vagas que serão abertas com esta nova unidade. De acordo com as informações que foram divulgadas pela própria montadora, o investimento total que está sendo feito para construção da fábrica é de R$ 600 milhões. O projeto está dividido em três fases, sendo que na primeira delas a meta já é atingir a produção de 100 mil unidades por ano.

A montadora ainda faz mistério em relação ao modelo que será fabricado aqui no Brasil mas já adianta que o carro está em desenvolvimento e será o substituto oficial do J3 e do J2, que começa a ser vendido em dezembro. Mas apesar de ainda não falar muito mais sobre os carros serão feitos aqui no Brasil, a montadora fez questão de falar abertamente sobre o que levou a marca a escolher a cidade de Camaçari para ser a sede da fábrica da JAC aqui no Brasil.

Mercado do Nordeste

Pedra Fundamental da fábrica da JAC em CamaçariA montadora veio para o Brasil com uma estratégia de marketing bem agressiva com o objetivo de abrir mercado especialmente na região sul do País, onde acabou realmente tendo sucesso esta tarefa. Agora, o objetivo da marca é desbravar o mercado do nordeste do Brasil, onde a montadora está começando a trabalhar com mais cuidado, principalmente depois da instalação desta nova unidade em Camaçari. A cidade acabou sendo considerada estratégica para que a Jac consiga abocanhar o mercado do Nordeste, que está apresentando uma expectativa forte de crescimento nos próximos 10 anos e especialmente por causa do desenvolvimento da região como um todo.

Na fala do presidente da JAC durante o evento que aconteceu ontem ficou realmente bem claro que a estratégia da montadora é conseguir se firmar neste mercado do nordeste, conseguindo algumas vantagens em relação a outras empresas do mesmo segmento que também estão chegando ao Brasil. O mercado nordestino tem o tamanho da Holanda mais Bélgica. Só Salvador, que é a terceira maior cidade do Brasil vende 7 mil carros por mês, mas deveria ser de 14 mil por mês. Esse 'atraso' será superado em 10 anos" disse o presidente da JAC no Brasil, Sergio Habib.

O estado da Bahia também está se firmando como um grande polo de investimento do mercado automotivo, já que esta é a segunda fábrica de automóveis que está se instalando no local. A primeira que chegou ao mercado Baiano foi a Ford. Além disso, o governador do estado da Bahia Jaques Wagner já disse ontem que existe mais um projeto “bem engatilhado” com uma outra fábrica  do setor automotivo, que seria a divisão de caminhões e ônibus leves da chinesa Foton.

O presidente da montadora fez questão de enfatizar que a instalação de uma unidade fabril da JAC aqui no Brasil estava nos planos de investimento desde antes de 2010, quando a marca foi lançada oficialmente em nosso País. Algumas questões relacionadas aos projetos e também aos custos acabaram atrasando um pouco o início das obras. Mas é claro que as medidas anunciadas pelo governo federal a partir do ano que vem que prevê um bom desconto no IPI dos carros fabricados no Brasil acabaram obrigando a montadora a tirar o projeto de dentro da gaveta e partir para a execução.

Planta da fábrica da JAC em Camaçari

Com os carros importados perdendo competitividade e também com os diversos outros incentivos que o governo brasileiro está dando para a instalação destas fábricas em nosso país, o projeto acabou ficando mais viável.
O presidente afirma também que esta fábrica que está sendo erguida na Bahia será uma das mais modernas da JAC no mundo. A unidade terá novas tecnologias, com processos de produção avançados o que resultará em produtos de maior qualidade, afirma o presidente da JAC Motors no Brasil durante o evento.

Cápsula do Tempo

Um dos grandes destaques do evento que marcou a inauguração oficial da pedra fundamenta da nova fábrica da JAC em Camaçari, no estado da Bahia, foi o que acabou sendo chamado de Cápsula do Tempo pelos organizadores. Inventada por Sergio Habib, a cápsula se refere e um carro J3 que acabou sendo enterrado no “quintal da fábrica”. Junto com o carro foram enterrados também 2 mil mensagens que foram recebidas pela internet, além de uma série de objetos, como iPhone, um vidro de geleia, uma lata de Coca-Cola, etc.

O carro será desenterrado no ano de 2032. De acordo com as informações que foram passadas durante o processo, os organizadores confirmaram que aquele foi o primeiro carro J3 que chegou ao Brasil, sendo eu ele acabou sendo utilizado pela montadora durante os testes de durabilidade.