A Renault apresentou o seu novo carro conceito chamado Morphoz. A apresentação estava prevista para ser mostrada durante o Salão de Genebra, mas o evento acabou sendo cancelado em função da ameaça do novo Coronavírus. O carro apresenta uma série de tecnologias diferentes, que deixa ele parecido com um “transformer”.

Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz

O carro consegue se adaptar tanto fisicamente quanto tecnologicamente para as necessidades do usuário. Por exemplo, no modo cidade o carro se apresenta como um crossover como 4,4 metros de comprimento. Mas quando o usuário coloca no modo viagem o carro se estiva, podendo chegar até 4,8 metros, com um maior tamanho para carga.

O carro não cresce apenas em tamanho de carga. O modelo também abre espaço para instalação de novos módulos de bateria, que permite com que as pessoas tenham mais tempo de autonomia de carro. O modelo que conta normalmente com uma bateria de 40 kWh pode receber um extra com mais 50 kWh. Na prática, isso garante que o conceito tenha 700 km de autonomia com os dois módulos completamente carregados.

  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 1
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 1
  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 2
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 2
  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 3
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 3
  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 4
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 4
  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 5
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 5
  • Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 6
    Renault apresenta modelo futurista “transformer” Morphoz - Foto 6

Uma outra tecnologia que foi apresentada para o carro é uma inovação que já estava sendo testado nos laboratórios internos da montadora, que é o sistema de carregamento sem fios. Na prática, funciona basicamente da mesma forma do sistema que permite carregar um telefone celular apenas encostando ele em um carregador por indução ou em outro aparelho, para os dispositivos mais modernos.

A inteligência artificial criada para o modelo também terá um papel fundamental no carro como um todo. Os assistentes virtuais controlam diversos aspectos relacionados a usabilidade e segurança do veículo. O assistente pessoal controla a informação mostrada na grande tela digital Living Screen, que é diferente se estivermos no modo Cidade.

O nível de autonomia apresentado é o 3, que permite aos ocupantes do carro passando o tempo todo desfrutando a viagem, sem precisar prestar muito atenção no que o carro está fazendo. Mas, por enquanto, trata-se apenas de um conceito, sem nenhuma previsão de lançamento comercial.