Procurar um carro dentro dos grandes estacionamentos pode estar prestes a se tornar uma tarefa um pouco mais fácil. Além dos sistemas que já estão disponíveis como aplicativos que ajudam o motorista a encontrar o carro deixado em estacionamentos de grande shoppings e locais públicos, a ideia da Audi agora é fazer com que o motorista não precise mais se deslocar para encontrar o seu carro, mas sim fazer com que o carro encontre o motorista aonde quer que ele esteja.

Sistema da Audi faz carro sair sozinho para buscar dono

A ideia parece um tanto quanto futurista, e realmente pode demorar um pouco para chegar ao mercado consumidor, mas a ideia já existe e a Audi está mostrando algumas aplicações conceitos esta semana em Los Angeles durante a Consumer Eletronic Show (CES), feira de tecnóloga e inovação que sempre reúne uma série de novidades bacanas de grandes empresas nos mais diferente segmentos. E uma das montadoras que mais está apostando a feira para mostrar suas inovações é justamente a Audi, que está apresentando par ao público diversos carros conceitos, incluindo alguns autômatos que poderiam ser conduzidos sem a interferência humana.

Mas diferentemente do conceito de carros autômatos que estão sendo levados para a feira, esta nova tecnologia que poderá permitir que o carro se desloque da atual vaga de estacionamento que se encontra para ir encontrar até um local onde o motorista está é realmente a mais próxima de se tornar realidade. Tanto é que a montadora já não fala mais em um conceito ou em uma ideia, mas sim em algo que estará presente já nos próximos modelos da montadora. Ou seja, tudo indica que a tecnologia esteja já madura suficiente para ser colocada em carros do mercado.

Acionamento do carro a distância

Sem problemas no estacionamento

A ideia realmente parece muito interessante e algumas demonstrações acabaram sendo feitas pela montadora mostrando que realmente o sistema funciona, permitindo que o carro seja conduzido dentro de um espaço relativamente pequeno em busca do seu motorista que não está encontrando o local onde deixou o seu carro ou que simplesmente não está com disposição de caminhar até o local. Mas apesar da tecnologia já estar sendo levada em consideração para  próximos modelos da montadora, a Audi já adianta que a venda de carros com este dispositivo deve demorar ainda cerca de 10 anos, mas não pela tecnologia em si, mas pelas adaptações que são necessárias nos modelos.

Trajetória do carro em tablet.

A montadora garante que o carro não busca apenas o motorista em um determinado local saindo da vaga de estacionamento. Mas ele também consegue estacionar sozinho. Ou seja, seria o fim dos manobristas em determinados locais. O motorista simplesmente deixaria o seu carro na entrada de um determinado local e ele se dirigiria até a vaga de estacionamento que estivesse vaga e que estivesse mais próxima do local onde o carro foi deixado. O motorista não precisaria nem se preocupar em encontrar uma vaga no estacionamento e a empresa garante que não existe o risco de dois carros com o mesmo dispositivo disputarem a mesma vaga de estacionamento.

Para conseguir encontrar o motorista sozinho ou então encontrar as vagas de estacionamento que estão disponíveis, o sistema que foi projetado pela Audi está utilizando sensores que acabaram sendo espalhados pela garagem em questão vai guiar o carro sem que ele corra o risco de bater em alguma coisa durante o trajeto. O sistema utiliza ainda uma conexão wi-fi para conseguir se comunicar com toda a rede e assim permitir que o carro seja guiado sem maiores problemas. Isso permite que ele seja diferente do que os carros do Google que dirigem sozinhos, que são modificados para ter câmeras e outros sensores - no caso do Audi, praticamente nada em seu design foi alterado. Estes sensores mapeiam o ambiente e evitam que o veículo bata na parede ou em outros carros que estão em movimento.

Acionamento do carro através de aplicativo no Smartphone

Para controlar todo este sistema a Audi também aposta nos smartphones, que estão cada vez mais presentes na vida de todos. Através de um aplicativo que é instalado apenas pelo dono dos veículos com esta funcionalidade, será possível saber o local onde o veículo esta estacionado e também o caminho que ele deverá percorrer para pegar o seu dono. O carro poderá ser acionado por este aplicativo, sendo assim os motoristas não precisarão se dirigir até a vaga onde ele esta estacionado.

É claro que para esta tecnologia funcionar vai depender  também de uma adaptação que precisa ser feita no local do estacionamento. Neste caso, grandes empresas com estacionamentos públicos poderão ter esta opção para seus clientes, mas também será possível que os próprios donos adaptem seus estacionamentos, seja na garagem de casa ou na garagem de um prédio, para que o carro tenha esta mesma utilidade.