A montadora Fiat ainda está tentando se recuperar do verdadeiro furacão que foi a crise de mercado do continente que acabou afetando as grandes empresas, sendo que do segmento Automotivo a Fiat foi uma das que mais perdeu, de acordo com análise de especialistas locais. Além disso, no continente a marca também vive alguns problemas em relação a sua frota, já que na maioria dos países do continente os carros da montadora pertencem a linhas mais antigas e com pouca variedade.

Fiat 500L

Esta pode ser uma das grandes consequências da decisão de ter deixado de lançar carros totalmente novos nos últimos anos e investindo apenas no lançamento de novos modelos e configurações de carros já consagrados pelos consumidores do continente. Para se ter uma ideia, o último grande lançamento inédito da montadora no velho continente foi o Panda, lançado em 2004, ou seja, há 8 anos atrás. E é justamente neste cenário que a montadora está apresentado par ao mercado europeu o novo 500L. Ao contrário da confusão que muitos consumidores podem fazer, este modelo não tem muitas coisas em comum com o 500 que é vendido atualmente.

Mas a escolha por usar o nome 500 não foi mais do que uma grande jogada de marketing tentando pegar carona em um modelo que realmente conseguiu fazer sucesso, já que o 500 conseguiu resgatar um design retro e saudosista que acabou agradando um segmento de consumidores muito específicos.  De acordo com os números que foram divulgados pela Fiat, o 500 vendeu 800 000 vendidos em 110 países (incluindo EUA), o que comprova a força da marca. Lançar um carro com o nome semelhante pode ser uma tentativa desesperada de conseguir andar no vácuo do sucesso.

Mais espaço

Uma das principais diferenças para este modelo 500L para outros modelos da família 500 está no fato de que o lançamento está chegando com mais espaço para os consumidores. Apesar de parecer por fora muito com os modelos mais tradicionais do 500, o 500L conseguiu dar mais espaço internamente para os passageiros. O que parece ser uma grande ilusão de ótica, já que o formato dele mais quadrado da a impressão de que o veículo é muito menor do que ele realmente é. Chega ate ser um tanto quanto surpreendente para quem olha uma imagem deste carro de frente saber que dentro é possível acomodar cinco adultos sem aperto nenhum.

Espaço é destaque no Fiat 500L

Além disso, o carro também apresenta algumas outras características bem interessantes, como por exemplo o fato do banco traseiro estar cerca de 30 cm mais alto do que bancos dianteiros, o que da uma sensação que a pessoa está dentro de uma sala de cinema, onde consegue ter uma visão um pouco melhor do que está acontecendo na frente, mesmo com as pessoas e suas cabeças na frente. Um outro elemento que ajuda a dar a sensação de que o espaço interno do carro é maior do que se pensa é o teto solar, que ocupa praticamente toda a cabine, aumentando muito a luminosidade interna do carro.

O 500L consegue ainda oferecer mais conforto e praticidade para as pessoas que precisam mexer na configuração do carro para conseguir mais espaço. Um novo sistema foi instalado nos bancos de trás, fazendo com que o motorista precise de apenas um movimento com as mãos para rebaixar ou levantar os encostos dos bancos. O carro ainda apresenta uma divisão interna em duas parte assimétricas que podem avançar 15 cm independentemente e liberar mais espaço para o porta-malas, que assim varia de 343 a 400 litros. Se deitarmos as costas do banco do passageiro dianteiro, ainda é possível transportar uma prancha de até 2,4 metros de comprimento.

Acabamento interessante

O veículo também conseguiu apresentar um acabamento interno muito interessante. Ele combina alguns elementos que podem ser encontrados no 500 atual com as do Alfa Romeu Giulietta, o que deu um ar de sofisticação na parte interior do carro. Nas configurações mais caras que foram apresentadas os modelos apresentam revestimentos de toque suave na parte central horizontal ou até couro. Na parte central é possível perceber que existe um novo sistema chamado de Uconnect, com uma tela sensível ao toque de cinco polegadas. O carro apresenta dois porta-luvas na parte da frente, sendo que um deles tem o clima refrigerado.

Fiat 500L

O carro ainda terá duas opções diferentes de direção elétrica, a Normal e a City, sendo que a última acaba sendo mais leve par auso urbano e também é mais aconselhada para balizas.

Modelo Global

A Fiat realmente esta investindo pesado neste carro porque ele tem tudo para se tornar um lançamento global, que será vendido praticamente  sem alterações tanto no mercado norte-americano quanto no mercado nacional, e também é muito provável que o 500L lance a base para um novo SUV que deverá ser fabricado aqui no Brasil quando a nova fábrica da Fiat em Pernambuco estiver pronta.

O carro começará a ser vendido na Europa com o motor de 0,9 litro turbo de dois cilindros a gasolina e 105 cv e com o 1.3 Multijet (diesel) de 85 cv. Para 2013, está prevista a chegada de um novo 1.6 Multijet de 105 cv e de um 1.4 MultiAir a gasolina de 165 cv.