A GM (General Motors) divulgou a primeira imagem oficial do Novo Prisma, a versão sedan do Onix. O lançamento é um dos mais aguardados do ano e foi marcado pela montadora para o início de março, exatos quatro meses depois de o hatch ter desembarcado no mercado brasileiro.

GM mostra foto do Novo Prisma

As imagens divulgadas pela montadora ainda escondem o carro, e efeitos fotográficos foram usados para que não haja um reconhecimento imediato do veículo. Pelo pouco que dá para ver nas fotos, as linhas continuam as mesas da antiga versão e o porta – malas e o capô ganharam novo design. Essa informação não é oficial e somente poderá ser confirmada, se for confirmada depois que o carro for realmente lançado.

“O desafio era dar personalidade ao produto com traços tradicionais de um sedã alinhados a cortes esportivos e joviais. É o que podemos chamar de um Sport Sedan”, explicou o diretor de design da GM na America Latina, Carlos Borba.

Entre as novidades que estarão presentes no Novo Prisma, a montadora destaca o avanço e os investimentos no sistema multimídia My Link, um sucesso da GM. “Agora, esta tecnologia está mais atrativa, com dois novos aplicativos além do Stitcher. São eles o TuneIn e o BringGo”, concluiu Carlos Borba.

O Novo Prisma abandonará a plataforma do veterano e querido Celta e irá herdar a global e moderna estrutura do Onix, sucessor da linha Corsa, criada pela Chevrolet. O que vai acabar criando uma diferenciação nos modelos é a traseira que está sendo reformulada, ficando mais robusta e ao mesmo tempo com uma curvatura mais elevada.

Mas não espere grandes mudanças e novidades de tirar o fôlego, um exemplo disso são as lanternas de ambos os carros, que são absolutamente idênticas. Já o chamado terceiro volume, irá deixar o sedã ainda mais compacto e mais encorpado que a sua versão hatch.

Detalhes do novo prisma começam a ser revelados.

A nova versão do Prisma estava circulando pelas ruas de São Paulo e foi flagrada coberta por camuflagens, mas mesmo com o cuidado que a montadora teve de não revelar o lataria do carro, e aliás, quase nada sobre o automóvel antes do lançamento, foi um pouco em vão, pois é possível notar claramente o contorno e o desenho herdados das lanternas do Onix.

O Novo Chevrolet Prisma será produzido na fábrica brasileira que se encontra em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre (Rio Grande do Sul), mesma fábrica onde a versão atual do sedã, ou seja o Onix e onde também é produzido o Celta, um grande sucesso da Chevrolet no Brasil, mas principalmente no Rio Grande do Sul.

Esse novo modelo que será lançado agora em março será bem maior que modelo atual, o chamado “Prisma primeira geração” e as dimensões do carro deverão ser as mesmas do modelo hatch, Onix assim como o moderno interior, que também deverá ser herdado do seu irmão hatch.

Além de oferecer muito espaço interno, o Novo Prisma herdará também as principais inovações do Onix, como o banco que possui um formato mais ergonômico, que tem entre todas as suas funções, a principal de apoiar e acomodar melhor a região lombar do motorista e dos passageiros.

Assim como outros itens do carro, o quadro de instrumentos do Novo Prisma deverá seguir o atual padrão dos modelos compactos oferecidos pela Chevrolet, contendo um moderno visor LCD, montado junto ao relógio do conta – giros.

Como mencionado anteriormente, um dos principais destaques do Chevrolet Onix, o sistema central de multimídia My Link também estará presente no belo painel montado pela Chevrolet no Novo Prisma.

A tela de LCD com sistema toutch screen (sensível ao toque) já vem embutida no painel e a central My Link oferece ainda ao comprador do Novo Prisma sistema de entrada USB que estão localizadas no nicho à frente da alavanca de câmbio. O único “defeito” do painel, digamos assim, é a ausência de um leitor de CD.

Outro ponto que pode ser considerado alto no Novo Prisma será o bom espaço para as pernas que é oferecido no banco dos passageiros e a diferença de espaço entre a nova versão, e a atual que é vendida nas concessionárias, promete ser grande.

O Novo Prisma deverá oferecer a mesma parte mecânica que está presente no hatch Onix que é composta pelos novos motores 1.0 e 1.4 litro flex, indicados pela sigla SPE/4. Ambos os motores são versões atualizadas dos premiados 1.0 8V VHCE e 1.4 8V Econo Flex, podendo atingir os 95 e 0s 97 cavalos de potência respectivamente.

Conheça um pouco da história do Prisma

O primeiro modelo do Prisma foi lançado no Brasil no segundo semestre de 2006. Dentro do mercado o modelo pode ser considerado como um sucessor do Celta, que foi um dos maiores sucessos da Chevrolet aqui no Brasil. Além disso o carro possuí uma relação direta com o Vectra. 

Design Prisma original

As semelhanças estéticas e mecânicas do Prisma com o Vectra são apontadas pelo próprio presidente da Chevrolet Brasil que se refere ao carro como um “mini Vectra”. Outra característica que foi herdada do Vectra, além das semelhanças, foi a forma que o carro foi divulgado pela montadora no mercado publicitário.

Uma ordem cronológica foi seguida, da seguinte maneira: Primeiro foi divulgado o nome do veículo, depois alguns esboços e imagens cortadas foram lançadas na mídia, em seguida foi a vez dos traços finais ganharem a mídia brasileira, logo após a configuração do motor foi divulgada e por fim, fotos completa e legíveis do veículo circularam pelos mais variados tipos de mídia no Brasil, sejam elas impressas, televisivas ou eletrônicas.

O preço do Novo Prisma também não foi divulgado, mas segundo comentários, este não deve se diferenciar muito do preço que o hatch Onix é vendido atualmente no mercado brasileiro e também não irá diferir muito do preço que a primeira versão do Prisma custa nas concessionárias do Brasil.