A Nissan mostrou ao mundo hoje o modelo 2013 do Leaf. O carro estava presente no evento da própria empresa realizado no Japão. A Nissan aproveitou que estava mostrando o carro ao vivo para também falar sobre algumas particularidades e também novidades que o novo motor esta trazendo para os motoristas asiáticos. Dentre as principais novidades que foram mostradas pela montadora estão um novo motor que foi desenvolvido especialmente para este carro e também uma significativa redução de peso no veículo, o que deixou ele mais rápido para se movimentar especialmente nas grandes cidades. Além do modelo ser um carro elétrico, o que geralmente acaba chamando atenção dos consumidores mais curiosos por si só.

Nissan Leaf 2013

Apesar de fazer um evento para mostrar o carro aos interessados e curiosos da indústria, a Nissan preferiu não divulgar todas as informações relacionadas ao carro, já que optou por não divulgar as informações relativas ao desempenho deste novo motor que foi desenvolvido para o Leaf 2013. Mas de acordo com algumas informações que foram divulgadas na ocasião, este novo modelo do elétrico está pelo menos 10% mais leve, o que deve realmente tornar o carro mais rápido consumindo menos energia. O carro também ocupa 30% menos de espaço do que os veículos o modelo anterior. A redução total do peso do carro ficou em 80 Kg comparado ao modelo passado. A montadora destaca que a diminuição do peso do carro só foi possível graças a utilização de outros tipos de materiais mais leves na fabricação do carro de um modo geral. Ao mesmo tempo, o porta-malas ganhou espaço, aumentando de 330 litros para 370 litros.

Uma outra informação que acabou sendo bastante enfatizada durante a apresentação do carro foi a relacionada ao material que estava sendo utilizado para fabricar o motor do veículo. De acordo com as informações que foram divulgadas, o carro está utilizando 40% menos de disprósio, que é um elemento químico raro, no seu motor em comparação a outros carros que também utilizam o sistema elétrico. O que não fico claro é se este elemento está relacionado a quantidade de poluentes que o carro poderá emitir ou ao desempenho geral da potencia do motor.

Tão importante quanto o motor em um carro elétrico também é a bateria que o veículo utiliza para armazenar toda a energia que vai colocar o veículo em movimento. E a Nissan também declarou que fez algumas alterações na bateria do novo modelo do Leaf que será lançado no mercado asiático. A autonomia desta nova bateria que agora pode ser encontrada no Leaf 2013 ganhou uma autonomia total de 228 Km quando ele estiver com uma carga completa. Alguns outros itens também foram adicionados neste lançamento da Nissan, como um sistema de assistente de subida e novas opções de rodas de liga-leve.

Nissan Leaf 2013 interior

A montadora também revelou os preços que serão praticados no lançamento do carro no Japão, sendo que o preço será de 3,35 milhões de ienes, que é o equivalente a US$ 40.100,00.

Saiba mais sobre o Leaf

O Leaf  é uma das apostas mais conhecidas no mundo automotivo no segmento de carros elétricos, que ainda está sendo mais vendido nos países orientais do que aqui no ocidente, onde os carros movidos a energia simplesmente não conseguiram dar certo ainda. Na ocasião do lançamento a montadora fez questão de salientar que o projeto não tinha a intenção de ser apenas mais um carro que estava sendo lançado no mercado, mas sim uma solução para um dos maiores problemas enfrentados pelas grandes cidades atualmente, que são os altos índices de CO2 que acabam sendo jogados na atmosfera por causa dos veículos.

O Leaf conseguiu fazer um relativo sucesso entre os críticos e também os motoristas orientais. Isso porque ainda é difícil que as pessoas escolham comprar um carro elétrico já que ele acaba sendo mais caro do que os modelos movidos a combustível comum e ainda por cima acaba oferecendo um desempenho menor, já que as tecnologias dos motores movidos a eletricidade ainda não conseguiram evoluir tanto quanto os motores a combustível.

Nissan Leaf 2013

O design do carro permite que sejam levados cinco passageiros por vez, o que também acabou colocando um fim ao mito de que um carro elétrico precisava ser pequeno para funcionar corretamente. O carro utiliza uma bateria, assim como todos os carros que precisam ser movidos a eletricidade, sendo que ele pode ser carregado através de um cabo em uma tomada comum de 110 ou de 220 volts. Mesmo que o carro não consiga atingir o nível de potencia que pode ser oferecido pelos carros movidos a gasolina, álcool ou mesmo etanol, a velocidade máxima que o carro pode chegar está longe de ser baixa, já que o seu indicador poderá ir até 145 Km/h, uma velocidade  que dificilmente poderá ser praticada pelos motoristas porque já ultrapassa os limites de velocidade da maioria das estradas.

Os primeiros modelos do Leaf que foram lançados no mercado tinham uma autonomia de 160 Km/h quando a bateria estivesse completamente carregada, o que agora com o novo lançamento já mudou. A montadora afirma que esta distancia que está sendo praticada agora na versão 2013 do carro e mais do que suficiente de acordo com os estudos de média que os motoristas japoneses circulam com o seu carro durante um dia, ou seja, dificilmente terão algum problema de ficar sem energia armazenada na bateria.