Algumas pessoas podem olhar para o carro e pensar que estão diante de um modelo extremamente futurista, que só será entendido daqui há muitos anos. Outras pessoas poderão olhar para o mesmo design do veículo e apenas achar que se trata de um carro estranho. O fato é que o VW XL1 não traz apenas linhas diferenciadas, mas também foi apresentado ao mercado como sendo o carro mais econômico do mundo.

Volkswagen XL1

Para se ter uma ideia de que a Volkswagen não está de brincadeira quando está falando em redução de consumo do carro, a média de consumo do carro chega a 111 Km/l, e bastou este número se anunciado pela montadora para que o carro chamasse muito a atenção durante a sua participação no primeiro evento oficial, o Salão de Genebra deste ano. Acabou chamando mais atenção até mesmo do que as supermáquinas italianas que geralmente acabam chamando mais atenção do que os outros modelos em eventos do gênero.

Pequeno notável

Além de ter dado bastante trabalho para algumas pessoas conseguir tirar fotos do carro, afinal de contas o movimento no entorno do estande era constante, o tamanho do carro também não ajudava muito, afinal de contas o modelo media apenas 3,88 metros de comprimento e 1,15 metros de altura. Para se ter uma ideia, o carro fica mais ou menos na altura da cintura de uma pessoa que possui 1,80 metros de altura.

Volkswagen XL1 é o carro mais econômico do mundo.

Mas é justamente no tamanho do carro que reside alguns dos segredos da economia deste veículo. Como ele consegue ser bastante compacto, o carro consegue ser muito mais aerodinâmico do que a maioria dos carros. Isso significa que o motor precisa fazer menos esforço para que o veículo coloque-se em movimento, e consequentemente ele acaba consumindo uma menor quantidade de combustível.

Motores combinados

Mas é claro que não são apenas as linhas do carro responsáveis pela grande capacidade de economia. Afinal de contas, por mais aerodinâmico que ele seja, o XL1 não consegue sair do lugar sem o motor, ou os motores. De acordo com as informações que foram divulgadas pela montadora sobre o carro, ele conta com um pequeno motor 0.9 turbodiesel que possui apenas dois cilindros e outro motor que elétrico que acaba sendo abandonado por baterias de íon de lítio.

Volkswagen XL1 possui câmeras que substituem os vidros retrovisores.

O primeiro motor consegue gerar ao carro 48 cv, enquanto que o segundo consegue oferecer ao carro mais 27 cv de potência. Mas a montadora também afirma que o carro consegue utilizar estes dois sistemas de forma isolada. Quando o motor elétrico é utilizado, ele consegue andar por até 50 Km sem precisar de recarga. Com as duas fontes em ação a autonomia supera os 1.100 km. Além desse alcance, as baterias podem ser recarregadas pelo motor a diesel com ajuda do sistema de freios regenerativos ou então por meio de tomadas elétricas convencionais, o que caracteriza esse carro como um híbrido do tipo “plug-in”.

Para controlar estes dois motores, o veículo possui uma transmissão semi-automática que possui sete velocidades e dupla embreagem. A montadora afirma que este recurso permite que o carro tenha a troca de marcha mais rápida e com pouca variação de giro, sendo que isso também acaba ajudando a reduzir ainda mais o consumo do veículo.

Apertado

Mas andar no carro mais econômico do mundo tem o seu preço, especialmente para as pessoas espaçosas. Afinal de contas, basta dar uma olhada rápida para a parte de dentro do carro para ter certeza que o espaço interno do veículo nunca foi uma prioridade neste projeto. A abertura das portas é feita no estilo gaivota, ou seja, elas abrem para cima. Na parte de dentro o banco do motorista precisa ficar um pouco mais para frente do banco do passageiro para que as duas pessoas possam caber dentro do veículo.

Volkswagen XL1 possui pouco espaço interno.

Uma outra mudança que poderá deixar a experiência de dirigir este carro um pouco estranha é o fato que ele não possui espelho retrovisor, apenas câmeras de vídeo que transmitem as imagens das laterais para pequenos monitores que estão instalados dentro do carro. O carro também não possui vidro na parte de trás, portanto na hora de estacionar o veículo o motorista deve contar com o sensor de proximidade para conseguir se orientar.

O carro será lançado apenas na Europa e nos Estados Unidos, e serão apenas 250 unidades produzidas nesta primeira leva. O carro vai custar a partir dos 50 mil dólares.

Galeria

  • Volkswagen XL1 - Foto 1
    Volkswagen XL1 - Foto 1
  • Volkswagen XL1 - Foto 2
    Volkswagen XL1 - Foto 2
  • Volkswagen XL1 - Foto 3
    Volkswagen XL1 - Foto 3
  • Volkswagen XL1 - Foto 4
    Volkswagen XL1 - Foto 4
  • Volkswagen XL1 - Foto 5
    Volkswagen XL1 - Foto 5
  • Volkswagen XL1 - Foto 6
    Volkswagen XL1 - Foto 6
  • Volkswagen XL1 - Foto 7
    Volkswagen XL1 - Foto 7
  • Volkswagen XL1 - Foto 8
    Volkswagen XL1 - Foto 8
  • Volkswagen XL1 - Foto 9
    Volkswagen XL1 - Foto 9
  • Volkswagen XL1 - Foto 10
    Volkswagen XL1 - Foto 10
  • Volkswagen XL1 - Foto 11
    Volkswagen XL1 - Foto 11
  • Volkswagen XL1 - Foto 12
    Volkswagen XL1 - Foto 12