• Chevrolet Tracker Freeride - Foto 1
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 1
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 2
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 2
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 3
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 3
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 4
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 4
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 5
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 5
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 6
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 6
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 7
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 7
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 8
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 8
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 9
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 9
  • Chevrolet Tracker Freeride - Foto 10
    Chevrolet Tracker Freeride - Foto 10

A norte-americana General Motors deu início ao que se pode considerar um  grande “teste de aceitação” do público em relação a uma versão mais barata, e simples, do seu modelo Chevrolet Tracker.

Com esse esforço em mente, a montadora lança com exclusividade, nesta segunda-feira – dia 09 de dezembro de 2013 – uma versão de nome Freeride. Sua chegada ao mercado ocorre com o preço sugerido de R$ 67.690. Para efeito de comparação, a série LTZ, que até o momento era a única opção ao consumidor que desejasse um modelo da linha Chevrolet Tracker, tem sua versão de entrada, a partir de R$ 72.190.

A fim de deixar o modelo mais “popular”, o Tracker sofreu algumas “perdas”, como por exemplo: seu câmbio automático, o revestimento dos bancos em couro, seu acabamento da área interna, que é feito em duas cores, comandos do veículo localizados no próprio volante, rodas em aro 17’’ etc.

Isso quer dizer que o Freeride ficou “depenado”? De forma alguma. O modelo novo agora tem transmissão manual, de cinco velocidades, com rodas de liga leve e aro 16’’, além de adesivos “Freeride” tanto nas laterais, quanto em colunas e no interior. Há ainda adesivo preto fosco bem na coluna B, o que dá uma impressão de “aumento” na proporção das janelas. A maçaneta e o retrovisor ganham revestimento na mesma cor do modelo, que possui ainda barras no teto, dispostas transversalmente, além de suporte para transportar bicicleta – com a qualidade da marca THULE.

Interior da Tracker Freeride

Em termos multimívia, há rádio AM/FM, que conta com entrada auxiliar, e acompanha mais um grafismo “Freeride” e ainda um banco traseiro que pode ser bipartido em 60/40. Suas rodas passam a ser aro 16’’ com suporte em alumínio e há, como alternativa de cor, o Branco Summit e o Cinza Cyber. Toda a série ainda conta com diferencial de bancos que contam com tecido tradicional revestindo-os, mas tem um tratamento especial de cor, o qual a Chevrolet - GM chama de “Jet Black”

O Tracker Freeride, modelo de entrada, tem tudo para, no futuro assumir para si a sigla LT – justamente a denominação específica, trazida pela General Motors para seus modelos mais baratos – contém a mesma motorização 1.8 16 flex, com potência de até 144 cv, acompanhando o padrão do veículo LTZ - relembrando que, nesse caso do lançamento, há a perda da transmissão automática dos modelos mais caros.

Há ainda um belíssimo brinde com esse carro: uma bicicleta mountain bike, que conta com a qualidade da fabricante especializada General Wings. É comprar o Tracker Freeride e ganhar.

Mountain Bike faz parte do kit