• Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 1
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 1
  • Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 2
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 2
  • Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 3
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 3
  • Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 4
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 4
  • Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 5
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 5
  • Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 6
    Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI - Foto 6

O Brasil carrega a fama de deixar tudo para a última hora. E esse espírito, aparentemente, já “contaminou” a subsidiária brasileira da Mercedes-Benz. Em pleno início de Copa do Mundo – evento que mobiliza intensamente o turismo nacional –, a marca alemã lança no Brasil uma versão premium de sua van Sprinter. A arquitetura é a mesma do modelo 415 CDI 15+1 (15 assentos, mais o do motorista) de teto baixo. Mas, no novo modelo, o condutor leva apenas nove passageiros. Ou seja, cresce o espaço entre as fileiras e surge uma área de porta-malas. “Percebemos que muitos compradores optavam pela configuração de 16 lugares e, depois, retiravam alguns bancos para ampliar o conforto nos transfers. Agora, além do espaço amplo, outros itens de segurança e bem estar já saem de fábrica nessa nova aplicação”, explica Carlos Garcia, gerente sênior de Vendas e Marketing de vans da Mercedes-Benz. no país.

A prioridade desta nova versão é o conforto dos ocupantes. E um dos principais trunfos para isso é o tamanho. São 5,91 metros de comprimento, 3,66 m de distância entre-eixos, 2,43 m de largura e 1,65 m de altura interior. Outra particularidade da Sprinter 415 CDI 9+1 está nos  bancos feitos especificamente para o modelo. Além do revestimento em couro, as peças contam com apoio de braços e são reclináveis. O carro também traz piso acarpetado, ar-condicionado, porta-objetos e porta-garrafas para os passageiros, rádio com CD, MP3, Bluetooth e entrada auxiliar e para cartão para SD, fechamento central das portas por controle, farol de neblina, rodas de liga leve e vidros, travas e retrovisores elétricos. O motorista ganha um mimo extra: a versão conta com volante multifuncional ajustável em altura e profundidade.

Nova Mercedes-Benz Sprinter 415 CDI 9+1

Assim como a carroceria, a nova aplicação de luxo herdou também o motor da versão de 16 lugares. O propulsor é um 2.2 litros biturbo de quatro cilindros que entrega potência máxima de 146 cv a 3.800 rpm e torque de 33,6 kgfm entre 1.200 e 2.400 giros. Completa o trem de força a transmissão manual de seis relações. A sexta marcha tem relação 15% mais alta, mantendo o motor em baixa rotação mesmo em velocidades elevadas. E o condutor ainda conta com um indicador para auxiliar a hora certa de realizar as trocas, o que ajuda na economia de combustível – fator decisivo para quem utiliza o carro profissionalmente. 

No que diz respeito à segurança, a van premium da Mercedes tem seu diferencial. A versão sai de série com programa eletrônico de controle de frenagem e estabilidade ESP adaptativo, que integra os sistemas ABS, ASR, BAS e EBV e melhora o controle e a estabilidade do veículo. Além dos airbags frontais, para motorista e passageiro, obrigatórios na legislação brasileira. 

O lançamento da nova aplicação da Sprinter chega em uma fase de prosperidade para a área de vans da Mercedes. Só nos primeiros cinco meses de 2014, foram mais de 2 mil unidades vendidas – esse número não registra a comercialização da versão furgão e chassis. O resultado é um aumento de 36% se comparado ao mesmo período do ano passado. A expectativa da marca é de que seu modelo premium, que chega às concessionárias somente em cor prata e pelo preço de R$ 139.628, consiga emplacar entre 300 e 350 exemplares até o final de dezembro. E, com isso, fortalecer os atuais 30% de participação no mercado brasileiro de vans, considerando os números de janeiro a maio deste ano. “Estamos contentes com essa realidade, mas ainda não chegamos no patamar desejado. Esse é um mercado altamente disputado, mas nosso progresso mostra que estamos no caminho certo”, avalia Carlos Garcia.

Lanterna traseira da Sprinter


Autor: Márcio Maio (Auto Press)
Fotos: Divulgação