Chevrolet Corsa Hatch a venda

Chevrolet Corsa Hatch 1.0 8V
  • 1996/1996 •
  • 117.884 km
  • • Azul
R$ 8.500
Vera
São Paulo (SP)
Chevrolet Corsa Hatch 1.0 8V
  • 2002/2002 •
  • 234.000 km
  • • Prata
R$ 9.900
Paulo
São José (SC)
Chevrolet Corsa Hatch Maxx 1.4 (Flex)
  • 2008/2009 •
  • 96.000 km
  • • Cinza
R$ 19.500
João
São Paulo (SP)
Chevrolet Corsa Hatch Maxx 1.8 (Flex)
  • 2005/2006 •
  • 108.000 km
  • • Prata
R$ 14.000
Marcus
São Paulo (SP)
Chevrolet Corsa Hatch Super 1.0 MPFi
  • 1998/1999 •
  • 134.000 km
  • • Verde
R$ 7.000
Lucas
Mairiporã (SP)
Chevrolet Corsa Hatch Super 1.0 MPFi
  • 1997/1997 •
  • 60 km
  • • Branco
R$ 8.000
Tapejara (PR)
R$ 9.200
Cascavel (PR)
Chevrolet Corsa Hatch Wind 1.0 MPFi
  • 2000/2000 •
  • 184 km
  • • Preto
R$ 6.500
Vinicius
Cajamar (SP)
Chevrolet Corsa Hatch Wind 1.0 MPFi
  • 1994/1994 •
  • 1.460.000 km
  • • Preto
R$ 5.000
Wellington
Santo André (SP)
Chevrolet Corsa 1.0 MPFi Maxx 8v
  • 2007/2007 •
  • 96.000 km
  • • Vermelho
R$ 16.900
São Paulo (SP)
Chevrolet Corsa Hatch GL 1.6 MPFi 4p
  • 1995/1996 •
  • 10.057 km
  • • Azul
R$ 7.000
Luciene
Carapicuíba (SP)
Chevrolet Corsa Hatch 1.0 8V
  • 2004/2004 •
  • 110.220 km
  • • Prata
R$ 12.000
Alessandra
Pelotas (RS)

Chevrolet Corsa Hatch novo ou usado

O Corsa Hatch, mais conhecido apenas como Corsa, é um modelo fabricado pela General Motors, empresa norte-americana que conta com fábricas no Brasil. A chegada do modelo no mercado aconteceu no ano de 1994 e causou uma grande mudança, especialmente no segmento de carros populares, que tinha concorrentes de peso, como o Gol da Volkswagen, e o Palio, da Fiat.

Um dos principais argumentos de venda do Corsa por aqui era o fato de que a GM estava trazendo exatamente a mesma versão que era comercializada na Europa para o Brasil. É claro que existia um pequeno atraso neste lançamento, cerca de um ano, mas mesmo assim foi um forte argumento de marketing.

O modelo conseguiu fazer bastante sucesso, até mais do que a própria GM esperava, uma vez que a empresa admite que teve aumentar a produção. Sobre este episódio, uma curiosidade: a procura era tanta que o próprio presidente da montadora no Brasil foi ao público pedir para que eles esperassem para adquirir o novo modelo.

Sucesso e consolidação

Na ocasião do seu lançamento, o Corsa chegou ao mercado apenas na sua versão Wind, com motor 1.0 a gasolina, que entregava ao consumidor 50 cv de potência e câmbio de cinco marchas. A carroceria que era oferecida no mercado brasileiro era apenas a que tinha três portas.

Posteriormente a GM decidiu aumentar a família, lançando a versão GL do Corsa, que tinha um motor 1.4 de 60 CV, bem como a edição esportiva GSi, que oferecia um motor 1.6 de 16V, entregando um total de 108 cv. O Corsa também consolidou algumas novidades interessantes para o mercado automotivo brasileiro, como os freios a disco ventilados e também o sistema de freios ABS.

O Auge

Apesar de conseguir se manter bem colocado nos rankings de vendas até o momento em que o carro se aposentou, o ano de 1995 pode ter sido considerado como o grande auge para a marca Corsa. Foram lançados diversas opções diferentes para os consumidores, dentre elas estavam duas versões picape, sedã e hatch de quatro portas. Além disso, o carro também ganhou um novo motor, o 1.6 de 92 cv.

Outro momento importante na vida do Corsa foi em 2002, quando o modelo ganhou a sua segunda geração, seguindo o que estava sendo vendido na Europa.

Aposentadoria

Atualmente o Corsa não está mais sendo vendido no mercado brasileiro, mas o modelo deixou um herdeiro direto que ainda segue sendo produzido, o sedã Classic.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor