Salão do Carro

Mapa do Site


Chevrolet Chevette Sedan novo ou usado

O Chevette é considerado até os dias de hoje como um dos carros mais clássicos lançados pela montadora Chevrolet em toda sua história comercial. O carro acabou se tornando uma verdadeira marca que possui uma grande quantidade de fãs. O modelo começou a ser vendido no ano de 1973 e seguiu com uma história de 20 anos.

História

Historicamente o Chevette acabou se tornando como um dos principais carros populares fabricados não apenas pela Chevrolet mas também no Brasil como um todo. De acordo com dados divulgados pela própria montadora, o carro teria vendido 1,6 milhão de unidades até o seu ano de encerramento, em 1993. O grande momento do carro em relação as suas vendas aconteceram entre as décadas de 70 e 80. O Chevette conseguiu vantagem especialmente por faltar modelos e novidades em seu segmento nessa época.

Características

Curiosamente o Sedan acabou se tornando o primeiro modelo do Chevette que foi efetivamente lançado pela montadora. Mas diferente o que acontece atualmente, quando os sedans chegam com quatro portas, o modelo tinha apenas duas portas, sendo que essa foi uma das principais características do carro durante muitos anos da sua história comercial.

Posteriormente a Chevrolet acabou lançando uma série de outros modelos e também opções em relação a sua carroceria e configuração como um todo, como aquelas que ofereciam quatro portas para os consumidores. As versões hatch também começaram a ser vendidas posteriormente, mas o carro chegou apenas no começo da década de 80.

Motores

O Chevette tinha diversas características interessantes e que chamava a atenção dos consumidores em todos os sentidos. Um dos principais estava diretamente relacionado com o seu desempenho e também com a potencia do carro como um todo. O modelo tinha uma vasta gama de motores que podiam ser encontrados de acordo com a versão e o modelo do veículo.

Dentre os motores que podiam ser encontrados no Chevette estavam as seguintes versões: 1.0 litro (versão Júnior lançado em 1992), 1.4 (carburação simples e dupla, esta somente em 1982 como opcional), 1.6 (carburação simples) e 1.6/S (carburação dupla, a partir de 1988, um ano após sua última reestilização). Em relação ao combustível, o carro podia ser encontrado tanto na sua versão movida a gasolina quanto também os motores que se utilizavam do álcool, que era um combustível muito comum no Brasil nesta época.

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua conta predileta:

    Usar o Google


Ou acesse com seu e-mail cadastrado:


Usuário novo: Criar uma Conta


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor