Salão do Carro

Mapa do Site


Citroën C4 novo ou usado

A marca C4 está presente na vida e no histórico da montadora Citroën há muitas décadas, mas o carro que todos acabaram conhecendo nos dias de hoje começaram a ser fabricados no ano de 2004 e acabaram se tornando verdadeiras referencias no mercado por diversos motivos. Mas o design do modelo acabou chamando a atenção de todos.

Uma das premiações mais importantes conquistadas pelo C4 foi no ano de 2006, quando o modelo conseguiu a distinção de Carro Mundial do ano em Design. A entrega da premiação aconteceu durante o Salão Internacional do Automóvel de Nova York e acabou refletindo a preocupação da montadora em entregar um carro com linhas diferenciadas.

No Brasil, o modelo iniciou sua trajetória de sucesso pela configuração VTR+, que apresentava um nível de acabamento mais elevado do que a versão VTS, sendo que o modelo que era vendido aqui era sua versão cupê.

C4 VTR

O C4 VTR começou a ser comercializado no mercado brasileiro no ano de 2006 e acabou se tornando o principal responsável por estrear a linha média da montadora para o mercado nacional. E os esforços de marketing na ocasião do lançamento do carro mostrou que a montadora realmente tinha grandes pretensão para o C4.

O design era o elemento que tornava o carro diferente do que mais circulava pelas ruas do Brasil nessa época. As linhas diferentes do desenho podiam transformar a conversa sobre o veículo em um intenso debate, uma vez que algumas pessoas gostavam muito enquanto que outras simplesmente estranhavam as escolhas que tinham sido feitas para o modelo.

O hatch era comercializado em sua versão duas portas e não era considerado como u carro esportivo, uma vez que este seria o papel desempenhado pela versão VTS, que seria lançada posteriormente.

Custo-benefício

O VTR contava com motor 2.0 16V a gasolina com 143 cv de potência e 20,4 mkgf de torque, que o levava de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e à velocidade máxima de 207 km/h, de acordo com o fabricante. O carro era oferecido apenas com o câmbio manual de cinco marchas. O modelo conseguia entregar um bom desempenho, considerado como uma boa escolha em relação ao seu custo benefício.

Já em relação ao seus equipamentos o modelo contava com ar-condicionado digital de duas zonas, faróis automáticos, sensores de chuva e estacionamento, faróis e lanternas de neblina, retrovisor interno eletrocrômico, piloto automático, limitador de velocidade, computador de bordo, volante multifuncional, rádio com mp3 e CD, travas, rodas de 15 polegadas, vidros e retrovisores elétricos e controles de tração e estabilidade.

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua conta predileta:

    Usar o Google


Ou acesse com seu e-mail cadastrado:


Usuário novo: Criar uma Conta


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor