Fiat Linea a venda

Fiat Linea Hlx 1.8 16V (flex)
  • 2010/2010 •
  • Prata
R$ 28.800
Cascavel (PR)
Fiat Linea Essence 1.8 16V (Flex)
  • 2012/2012 •
  • 83.000 km
  • • Prata
R$ 30.000
Renan
Picos (PI)
Fiat Linea Absolute Dualogic 1.9 16V (Flex) (Aut)
  • 2010/2010 •
  • 930.000 km
  • • Prata
R$ 28.500
Jose.
Piraquara (PR)
Fiat Linea HLX 1.8 16V(Flex)
  • 2010/2011 •
  • 108.000 km
  • • Prata
R$ 30.000
Antonio
São Mateus (ES)
Fiat Linea LX 1.9 16V (Flex)
  • 2009/2010 •
  • 74 km
  • • Preto
R$ 25.900
Cascavel (PR)
Fiat Linea Essence 1.8 16V (Flex)
  • 2012/2012 •
  • 74.000 km
  • • Preto
R$ 26.500
Rui
Campina Grande (PB)
Fiat Linea Dualogic 1.9 16V (Flex) (Aut)
  • 2009/2010 •
  • 74.000 km
  • • Prata
R$ 26.000
Marcus
São Paulo (SP)
Fiat Linea 1.8 16V Essence
  • 2012/2012 •
  • 105.000 km
  • • Prata
R$ 27.500
Sergio
Cariacica (ES)
Fiat Linea Essence 1.8 16V (Flex)
  • 2013/2013 •
  • 53.000 km
  • • Cinza
R$ 31.000
Marcelo
Rio de Janeiro (RJ)
Fiat Linea Essence 1.8 16V Dualogic (Flex)
  • 2011/2012 •
  • 105.000 km
  • • Cinza
R$ 30.500
Alessandro
Cosmópolis (SP)
Fiat Linea 1.8 16V Absolute Dualogic
  • 2012/2012 •
  • 155.000 km
  • • Branco
R$ 28.000
Alexandre
Taboão da Serra (SP)
Fiat Linea LX 1.9 16V Dualogic (Flex) (Aut)
  • 2010/2010 •
  • 148.000 km
  • • Prata
R$ 20.500
Fernando
Caruaru (PE)

Fiat Linea novo ou usado

O Fiat Linea foi um modelo lançado pela montadora norte-americana no ano de 2008, sendo do segmento de sedans médios. O modelo conseguiu atingir um número expressivo de vendas no Brasil, mas depois de 8 anos de mercado a Fiat decidiu tirar o modelo de circulação. O carro foi uma das principais apostas para conquistar este importante segmento.

Desenvolvimento

O Fiat Linea que chegou ao Brasil no ano de 2008 foi criado a partir da mesma plataforma utilizada no modelo Punto. O desenho e o projeto inicial mecânico do carro foi criado na Turquia, posteriormente o carro passou a ser fabricado em todos os mercados. O modelo tinha como principal objetivo atender as demandas dos mercados emergentes, como o Brasil.

Na ocasião do seu lançamento, a Fiat posicionou o modelo no mercado abaixo dos seus principais concorrentes. Isso fez com que o Linea fosse vendido com uma quantidade menor de itens e equipamentos de série, mas com um preço também menor, o que ajudou a impulsionar o modelo nas vendas especialmente durante os seus primeiros anos.

Quando o Linea foi lançado no Brasil, o modelo chegava para substituir o Marea, que teve a sua produção iniciada no país no ano de 1999 mas que estava sendo retirado de linha no final dos anos 00.

Motorização

Na ocasião do seu lançamento, o Linea tinha motores 1.9 16v Flex de 132/130 cv e 18,6/18,1 kgf.m (etanol/gasolina) e 1.4 16v Turbo na versão T-Jet, rendendo 152 cv e 21,1 kgf.m. O 1.9 foi substituído pelo 1.8 que vemos até hoje, com a mesma potência, mas com 18,9/18,4 kgf.m de torque. Em 2012 as versões passaram a se chamar Essence e Absolute, e a T-Jet deixou de existir em 2013. As opções de transmissão são manual e Dualogic (automatizada).

Diferenciais

O modelo conseguia se diferenciar dos concorrentes por alguns aspectos mais visuais. O carro realmente tinha um acabamento muito melhor do que grande parte dos seus concorrentes. Na parte de dentro o carro era feito com bons materiais, o que acaba tornando ele mais valorizado. Destaques para opções tanto com couro quanto também com microfibra em relação ao acabamento dos estofamentos.

Em relação aos itens opcionais, o Linea contava com airbags laterais e de cortina, sistema de viva-voz com bluetooth, GPS integrado ao quadro de instrumentos (Blue&Me NAV), entrada USB, entre outros.

Ordenar resultados

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua rede social favorita:

    Usar o Google+


Ou acesse com seu e-mail:


Não tem cadastro? Crie uma Conta gratuitamente


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor