Salão do Carro

Mapa do Site


Renault Clio novo ou usado

O Clio é um modelo fabricado pela Renault que, no Brasil, acabou sendo classificado dentro do segmento de hatch, mesmo apresentando dimensões menores do que a média destes carros. O modelo conseguiu fazer bastante sucesso no mercado brasileiro, ficando entre os mais vendidos em alguns anos.

O carro também se tornou importante para a estratégia de atuação de Renault no mercado brasileiro, uma vez que acabou sendo a “porta de entrada” para muitos que não conheciam a montadora francesa. O Clio bateu o recorde como sendo o mais longevo modelo sendo oferecido no mercado brasileiro.

Latino-americano

O hatch foi considerado de fundamental importância para o crescimento da Renault tanto no Brasil quanto na Argentina. Tanto foi que o carro era fabricado nos dois países. A produção argentina começou antes, no ano de 1996. O modelo vinha com motor 1.6 litro e potência de 76cv.

Já no ano de 1999 a montadora francesa começou a produção do Clio brasileiro. Na ocasião o carro seria oferecido com três configurações diferentes: RL, RN e RT, todas com cinco portas, e motores de 1,0 litro (59 cv) e 1,6 litro (90 cv) com comando no cabeçote e duas válvulas por cilindro.

Muitos itens

Algo que acabou ajudando muito na estratégia de popularização do Clio era a sua lista de itens e acessórios, que acabava oferecendo muito mais do que a grande maioria dos carros da sua categoria no Brasil. O Clio acabou se tornando o primeiro carro popular a incluir o airbag duplo de série.

Outros itens também eram disponibilizados, tais como freio a disco ventilado, suspensão com sub-chassi e batente hidráulico. Mas a Renault foi lançando outros modelos no Brasil, deixando o Clio de lado. Com isso, a lista de equipamentos foi reduzindo, o que acabou fazendo com que este carro acabasse se desvalorizando rapidamente.

Antes disso a montadora chegou a lançar algumas reestilizações para o carro, sendo a primeira chegando ao mercado no ano de 2003. A reforma visual modificava basicamente os itens da parte da frente do veículo, tais como o os faróis que ficaram maiores, os para-choques e também as lanternas.

O ano de 2008 pode ser considerado como o início do fim do Clio, com o lançamento no Brasil do Sandero. Neste ano o Clio começou a ser vendido somente com sua versão mais simples, a Campus, com motor 1.0. O carro chegou ao fim oficialmente em 2016.

Acesse sua conta

Vá mais rápido usando sua conta predileta:

    Usar o Google


Ou acesse com seu e-mail cadastrado:


Usuário novo: Criar uma Conta


Lojistas e Concessionários, acesse Central do Revendedor